07/05/2024 às 17h02min - Atualizada em 08/05/2024 às 00h01min

Em nova campanha, Doutores da Alegria homenageia mães que acompanham os filhos nos hospitais

Com abordagem humanizada, campanha ‘Ser mãe é...’ convida o público a refletir sobre as mulheres que se dedicam aos filhos durante períodos de internação

Divulgação
Por ocasião do Dia das Mães, a Associação Doutores da Alegria está lançando em suas redes a campanha ‘Ser mãe é...’, com foco nas mães que acompanham seus filhos nos hospitais. A proposta é fazer com que o público possa refletir sobre os assuntos cotidianos que as envolvem, estimulando um olhar mais atento e humanizado.

Prestes a completar 33 anos de atividade nos hospitais públicos de São Paulo, Doutores da Alegria historicamente direciona os atendimentos às crianças e adolescentes, mas sua atuação também impacta médicos, profissionais de saúde, acompanhantes e as próprias mães. Em muitos casos, inclusive, são elas que ajudam a abrir espaço para o contato das crianças com os palhaços, atuando como mediadoras desses encontros.

A ideia da ação é mostrar quem são essas mulheres, o que precisaram deixar de lado para acompanharem os filhos nos leitos hospitalares e como cuidam de si mesmas nesses momentos tão delicados.

A protagonista da campanha é Mirian Santana Silva, 50 anos. A consultora de vendas é mãe de Raphael Santana Silva, 10 anos, que sofre da Síndrome de Prune Belly - uma doença genética rara, caracterizada por malformações da parede do abdômen - e realiza tratamento no Instituto da Criança, em São Paulo (SP).

“Pelos filhos somos capazes de largar tudo e não sentir falta de nada. O mais importante é saber que ele está bem. Os Doutores da Alegria trazem esperança para as mães que estão aqui, internadas com os filhos, que não estão bem, não sabem quando vão sair ou quando melhoram. O Rafa chegou ao hospital com apenas seis meses. Hoje, a gente fica esperando as terças e quintas-feiras para ver os Doutores. E não é só o filho não, a mãe também gosta de fazer bagunça!”, comenta Mirian.
Doutores da Alegria - Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que propõe a arte como mínimo social, ou seja, como uma das necessidades básicas para o desenvolvimento digno do ser humano, assim como alimentação, saúde, moradia e educação. O grupo introduziu a arte do palhaço no universo da saúde, intervindo junto a crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos.
Atualmente, desenvolve o Programa de Palhaços em oito hospitais de São Paulo, cinco no Recife (PE) e um no Rio de Janeiro (RJ). Também no estado fluminense realiza o projeto Plateias Hospitalares, mantém uma programação artística permanente e diversa em sete hospitais. A Escola Doutores da Alegria traz formações diversas para o público em geral e para artistas e, entre suas iniciativas, se destaca o Programa de Formação de Palhaço para Jovens (PFPJ).
Como ajudar na manutenção da associação Doutores da Alegria? - O trabalho da associação Doutores da Alegria, gratuito para os hospitais, é mantido por doações de empresas e de pessoas físicas, tanto por recursos próprios quanto por recursos advindos por meio das leis de incentivo fiscal. Os recursos das contribuições permitem a continuidade e a expansão das atividades e da estrutura do grupo, a realização de atividades de formação, oficinas e o aprimoramento técnico dos artistas.
Mais informações em www.doutoresdaalegria.org.br.

Instagram: @doutoresdaalegriaoficial
Facebook: /doutores
Youtube: /tvdoutores
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.