08/05/2024 às 23h31min - Atualizada em 12/05/2024 às 00h01min

4 dicas para passar de jogador de futebol amador, para profissional

É importante não dar atenção apenas às capacidades físicas, mas também mentais, explica o empresário do futebol, Emerson Zulu

MF Press Global
© Freepik

O futebol é o esporte mais amado do Brasil, ele, como paixão nacional, está presente na vida dos brasileiros desde muito cedo, o que faz com que existam milhões de jogadores amadores no país que têm o esporte como um hobby ou um momento de diversão e descontração.

No entanto, algumas pessoas querem levar o amor pelo esporte além e buscam se profissionalizar para atuar no mercado do futebol. Mas para passar de jogador amador para profissional é preciso mais do que apenas querer, é preciso se preparar, afirma o empresário do futebol e CEO da Strategic Sports, Emerson Zulu.

A preparação física e mental, com o suporte de uma equipe multidisciplinar, é fundamental para a transição de jogador amador para profissional no futebol. A abordagem 360, com profissionais, potencializa as habilidades do jogador, muda a mentalidade e o prepara para atuar profissionalmente com o esporte”, explica.

4 dicas para se tornar um jogador de futebol profissional:

1. Dedicação total:

Quando o futebol é diversão, ele é o seu fim de semana, quando ele é profissional, ele é a sua vida. Comprometa-se com treinamentos regulares, condicionamento físico e aprimoramento técnico constante”, explica Emerson Zulu;

2. Networking:

Faça contatos na indústria do futebol, participe de avaliações e procure oportunidades de exposição em clubes e torneios, isso ajuda bastante a crescer na sua carreira. Por isso, ter um bom empresário é importante, ajuda a estreitar essas relações”;

3. Mentalidade profissional:

Sua cabeça e seu corpo precisam estar em sintonia. Desenvolva disciplina, foco, resiliência e determinação para superar os desafios, que são constantes, e lidar com pressões do mercado”;

4. Educação e orientação:

Ninguém se torna um jogador profissional sozinho, é preciso ter uma equipe qualificada. Busque sempre a orientação de treinadores e profissionais do esporte, além de manter-se atualizado sobre as exigências e oportunidades do mercado”, afirma Emerson Zulu.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.