01/04/2024 às 18h06min - Atualizada em 02/04/2024 às 00h01min

Número de roubos cai pela metade no centro de SP em fevereiro

Apreensão de drogas no bimestre foi seis vezes maior do que no ano passado, resultando na apreensão de 82 quilos

Governo do Estado de São Paulo
https://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/ultimas-noticias/numero-de-roubos-cai-pela-metade-no-centro-de-sp-em-fevereiro/

As ações implementadas pela Secretaria da Segurança Pública para combater os crimes patrimoniais no centro de São Paulo continuam derrubando os principais indicadores criminais na região. Em fevereiro, os furtos e roubos caíram, em média, 40% na área do 3° Distrito Policial (Campos Elíseos) e do 77° (Santa Cecília), que correspondem às cenas abertas de uso, onde o fluxo se concentra.

Os roubos em geral tiveram queda de 50% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os casos passaram de mil para 498. Na análise feita somente entre 19 e 25 de fevereiro, a queda chegou a 80%, de 285 para 55 boletins — menor número de casos em uma semana desde o início do monitoramento em abril de 2023.

Os roubos de veículos registraram apenas um caso em fevereiro, cinco a menos do que no ano passado. Já os furtos em geral, que incluem os de carga, reduziram 30%, de 1,7 mil para 1,2 mil. Os de veículos passaram de 38 para 21 casos.

Os índices registrados em fevereiro seguem uma tendência de queda para esses tipos de crime na região do fluxo, observada desde o início de abril do ano passado. Em 2023, os roubos e furtos em geral encerraram o ano com queda de 13% e 1,5%, respectivamente.

“A atuação da inteligência e investigação das delegacias, com forte atuação em operações coordenadas pela 1ª Seccional, responsável pelo centro, foi fundamental para a redução dos índices criminais”, disse o delegado assistente da 1ª Seccional, Daniel Borges.

Apreensão de drogas crescem 6 vezes no bimestre

O combate ao crime organizado nas áreas do 3º DP e 77º DP resultou na apreensão de 82 quilos de drogas no primeiro bimestre do ano, número seis vezes maior do que nos dois primeiros meses do ano passado.

Em toda a região central da capital paulista, foram apreendidos 239 quilos de entorpecentes em janeiro e fevereiro. Ao longo de 2023, foram recolhidas 2,5 toneladas de drogas, índice que quase quadruplicou ante os 667 quilos apreendidos durante 2022.

Na área das cenas de uso, o trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar prendeu ou apreendeu 599 infratores até fevereiro, 19% a mais no comparativo. No balanço anual, o número de detidos subiu de 2,9 mil para 3,3 mil em 2023.

Também foram recuperados 19 veículos e retiradas 14 armas de fogo ilegais de circulação em janeiro e fevereiro deste ano.

Ações no centro

A redução dos índices criminais e aumento da produtividade policial na área central da capital são reflexo de um diagnóstico realizado pela pasta, que identificou as ações necessárias para implementar as ações de recuperação do local.

“Priorizamos o combate ao tráfico de drogas por entendermos se tratar de um crime que movimenta os demais delitos da região central. O empenho da Polícia Militar resultou em mais patrulhamento preventivo e da Polícia Civil, em investigações robustas para prender traficantes e receptadores, pois identificamos ali uma cadeia ilícita que é abastecida pelos roubos e furtos”, explicou o secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite.

O policiamento ostensivo foi reforçado com o incremento de 300 PMs, que ainda será ampliado no decorrer do ano. A gestão também inaugurou duas companhias da Polícia Militar, uma delas a nova sede da Força Tática do 7º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), entregue em fevereiro.

Além disso, os policiais que atuam nas cenas abertas de uso estão recebendo treinamento multidisciplinar com ações de informação ao público, práticas de combate à criminalidade e abordagem às pessoas que estão em situação de vulnerabilidade.

Paralelamente a isso, a Polícia Civil ampliou as investigações e está focando na identificação de traficantes que atuam na região central, além de receptadores, que ajudam a movimentar o crime organizado no local. “Vamos continuar trabalhando para que a sensação de segurança da população paulista seja cada vez maior”, completou o delegado assistente da 1ª Seccional.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

O post Número de roubos cai pela metade no centro de SP em fevereiro apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.



Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.