12/06/2023 às 14h38min - Atualizada em 12/06/2023 às 16h03min

Síndrome do Coração Partido: quando o sofrimento emocional causa sintomas físicos

Os sintomas dessa síndrome se assemelham a um infarto do miocárdio, com dor no peito, falta de ar, palpitações e até mesmo desmaios repentinos

SALA DA NOTÍCIA Jamille menezes
Target
Divulgação

Coração partido nem sempre é sinônimo de decepção amorosa, pode ser também uma síndrome que está relacionada ao estresse emocional. A síndrome do coração partido, também conhecida como cardiomiopatia induzida por estresse ou síndrome de Takotsubo, é caracterizada por sintomas que se assemelham a um infarto do miocárdio, embora não haja obstrução das coronárias.

"Durante um episódio, o ventrículo esquerdo do coração sofre uma paralisia no ápice e no centro, que o deixa sem força para desempenhar sua função adequada. Esse quadro é desencadeado pela exposição excessiva a hormônios do estresse, como a adrenalina, que são produzidos quando somos submetidos a fortes emoções", explica o cardiologista Gabriel Gonzalo, do Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês (IRSSL).

Essa síndrome não é exclusiva de pessoas que vivenciam o fim de um relacionamento amoroso, ela pode ser desencadeada por qualquer evento estressante, como a perda de um ente querido, um acidente, problemas financeiros ou até mesmo uma discussão intensa. Entre os sintomas, estão dor no peito, falta de ar, palpitações e até mesmo desmaios repentinos.

Embora seja considerada rara, a Síndrome do Coração Partido pode ter consequências graves e até mesmo levar à morte. Estima-se que de 1% a 4% das pessoas afetadas por essa síndrome possam evoluir para óbito, especialmente quando não tratadas. Isso ocorre devido a complicações como arritmias cardíacas, formação de trombos intracavitários ou insuficiência cardíaca refratária.

Um aspecto relevante é a maior prevalência dessa síndrome em mulheres. "Alterações hormonais, especialmente durante a menopausa, quando ocorre a diminuição da produção de estrogênio, um hormônio protetor do coração, podem contribuir para essa maior suscetibilidade. Além disso, as mulheres tendem a apresentar maior sensibilidade ao estresse físico e emocional", diz o cardiologista.

Além dos sintomas físicos, a Síndrome do Coração Partido pode ter um impacto emocional significativo. Sentimentos de tristeza profunda, ansiedade e depressão são comuns durante esse período. O tratamento depende da gravidade dos sintomas, mas é semelhante ao tratamento para insuficiência cardíaca. Entre eles, o uso de medicações inibidoras da enzima conversora de angiotensina (IECA), diuréticos e beta bloqueadores, assim como uso de vasodilatadores para enfrentar a mecanismo que causou o problema e inclusive pode incluir antidepressivos e ansiolíticos se for o caso.

Apesar de não existir uma forma eficaz para prevenção total, Dr. Gabriel explica que a adoção de alguns hábitos pode contribuir para uma melhor saúde cardíaca. "Devemos adotar um estilo de vida mais saudável, tanto física quanto emocionalmente, buscando atividades que aliviem nossa tensão e promovam o autocontrole, como atividade física e prática de esportes ou atividades de relaxamento", finaliza.

Sobre o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês (IRSSL)

Fundado em 2008, o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês (IRSSL) nasceu com o propósito de fortalecer a atuação social voluntária da Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês na saúde pública do Brasil, tendo como missão levar a excelência administrativa e operacional, já reconhecida no setor privado, às esferas municipais e estaduais do País.

Atualmente, o Instituto é responsável pela gestão de 10 equipamentos de saúde: Hospital Municipal Infantil Menino Jesus (HMIMJ), Hospital Geral do Grajaú (HGG), Hospital Regional de Registro (HRR), AME Interlagos, Hospital Regional de Jundiaí (HRJ), AME Jundiaí, AMAs Santa Cecília, Núcleo de Saúde da Fundação Lia Maria Aguiar, Ambulatório de Gratuidade e Serviço de Reabilitação Lucy Montoro de Mogi Mirim.

 

Informações para Imprensa

Target | Estratégia em Comunicação

Kathia Gomes – [email protected]

Jamille Menezes – [email protected]

Tel.: (11) 3063-0477

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.