22/05/2023 às 15h35min - Atualizada em 23/05/2023 às 16h04min

Adenite Equina afeta o bem-estar dos animais e preocupa os criadores

Motivo de grande preocupação dos criadores

SALA DA NOTÍCIA Fernanda de Souza Martins

Motivo de grande preocupação dos criadores, a adenite equina, conhecida como garrotilho, é uma enfermidade infecto-contagiosa aguda causada pela bactéria hemolítica Streptococcus comum nos cavalos que, além de causar sofrimento ao animal, traz prejuízos para os proprietários. De acordo com o médico-veterinário Fernando Santos, gerente de vendas de Grandes Animais da Syntec do Brasil, "a adenite equina é caracterizada por inflamação mucopurulenta do trato respiratório superior de equinos, a transmissão pode acontecer pela via oral e nasal de forma direta ou indireta entre os animais." 

Santos explica que a patologia é uma das mais frequentes do trato respiratório e pode acometer equinos de todas as idades, no entanto costuma ser mais comum em animais com menos de cinco anos. "A constatação rápida das alterações respiratórias é fundamental para a rápida recuperação e volta dos animais às suas atividades. Por ser uma doença contagiosa, é importante o isolamento dos cavalos afetados por período mínimo de quatro semanas. Posteriormente, é necessário fazer a desinfecção das baias, cochos e qualquer utensílio que entrou em contato direto com o animal enfermo."

Segundo o especialista da Syntec, os primeiros sinais clínicos são observados geralmente com 7 a 12 dias após a infecção. "O animal apresenta inicialmente febre, depressão, inapetência, tosse, anorexia e corrimento nasal seroso. Com a evolução do quadro, a secreção torna-se mucopurulenta e fica visível o aumento de volume dos linfonodos, com dor à palpação na região mandibular. É comum que os equinos apresentem alterações posturais por sentir fortes dores, como deixar o pescoço baixo e estendido. Demonstração de resistência na ingestão de alimentos e água também é notado".

Para auxiliar os criadores de equinos, a Syntec do Brasil desenvolveu Sulfatrox®, antibiótico que combina a associação da Sulfadiazina com Trimetoprima. A união destes dois ativos exerce ação sinérgica responsável por um efeito bacteriano forte e potente, diminuindo sensivelmente a possibilidade de desenvolvimento à resistência ao medicamento. Sulfatrox® é indicado para bovinos e equinos no tratamento de infecções respiratórias, gastrointestinais, geniturinárias e nos demais processos infecciosos causados por bactérias sensíveis aos ativos da fórmula.

Sobre a Syntec – A Syntec é uma indústria de produtos para saúde animal 100% brasileira com 18 anos de história e foco em medicamentos e suplementos veterinários de alta complexidade. Seu portfólio é amplo, incluindo terapêuticos, especialidades, produtos para higiene e saúde, suplementos e, agora, vacinas animais. Para mais informações acesse: www.syntec.com.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.