22/05/2023 às 18h31min - Atualizada em 23/05/2023 às 16h04min

Compliance na Era Digital: oportunidades para as empresas na busca pela Vacina Fiscal

Com forte influência da tecnologia, o Compliance representa um movimento de teor obrigatório para empresas dedicadas a resguardar suas operações fiscais

SALA DA NOTÍCIA Marcelo Simões
Olhando para os últimos anos e reconhecendo a importância do tema na atualidade, não há dúvidas de que o Compliance é um fim que justifica medidas das mais diversas vertentes, exigindo uma postura de atenção por parte de lideranças empresariais. Seguindo essa mesma linha de pensamento, também é fato que o fenômeno se confunde ao avanço de novas tecnologias, e hoje, debater políticas de conformidade é sinônimo de colocar a inovação em pauta. Não por acaso, de acordo com um estudo desenvolvido pela KPMG, 65% das empresas orientam suas decisões de cibersegurança com base em princípios de Compliance.  

Na área tributária, o cenário se intensifica. Frente a um volume exacerbado de informações, movimentadas em um ambiente costumeiramente caótico, a ocorrência de erros e inconstâncias com a legislação fiscal pode ser um desafio, ao qual se não contornado, abre brechas para consequências severas.  

Portanto, é mais do que bem-vindo se pensar na execução de um bom programa de Compliance no setor tributário. A tecnologia, como citado anteriormente, é parte disso, e na busca por materializar ideias e trazer mudanças reais ao segmento, algumas ferramentas e conceitos se destacam. É o caso da Vacina Fiscal.  

Validando informações sob a perspectiva fiscal

Ter a certeza de que todas as informações armazenadas e manuseadas internamente estão seguras, especialmente no que diz respeito à relação fiscal desses materiais, é um motor que dita e fundamenta o conceito de Vacina Fiscal. Enquanto uma abordagem totalmente inovadora de validação cadastral, trata-se de uma solução elaborada para “higienizar” cadastros e consolidar os dados obtidos pela empresa, em um sistema confiável e condizente com o ambiente legal do país.  

Com o trunfo da automatização – o que nos recorda à influência exercida pela tecnologia no Compliance atual – os cadastros são revisados de modo a contemplar todas as regras atuais, trazendo não só segurança à rotina fiscal da organização, como agilizando processos e priorizando a experiência do usuário responsável pelo cadastramento.  

Na prática, a adesão à Vacina Fiscal significa um passo crítico do gestor a um patamar de estabilidade e respeito às exigências legais, evitando multas, penalidades e outras sanções previstas em lei. Outro ponto de destaque fica para a prevenção a fraudes, visto que o modelo de validação adotado pela empresa será respaldado digitalmente. É mais transparência e inovação no DNA tributário do negócio.

Por fim, entendo ser imperativo, cada vez mais, unir Compliance e tecnologia como elementos complementares, que se aplicados com a excelência desejada, podem, sim, pavimentar um departamento tributário amplamente funcional. 

A Vacina Fiscal é um exemplo do potencial por trás da inovação e sua compatibilidade com o universo fiscal. Em tempos em que a conformidade deixou de ser um tópico secundário ou até mesmo postergável, definitivamente, a hora é de reunir esforços por um espaço tributário seguro, mais digital e que não aceite ruídos ou falhas nocivas à integridade das empresas.
 

*Marcelo Simões é Diretor de Operações e Cofundador da Comtax, empresa especializada na área fiscal. Graduado em Economia pela Universidade Estadual de Londrina, com MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

Sobre a Comtax

A Comtax foi fundada em 2018 e possui uma expertise 100% tributária, atuando no modelo de boutique que realiza uma consultoria personalizada. Atendendo os maiores contribuintes nacionais, hoje, possui 50 clientes em seu portfólio, sobretudo na área de varejo e indústria. É especializada em Digital Tax e atua diretamente com Tax Determination, relacionado ao tratamento de impostos sobre as vendas nas empresas, ofertando soluções como Antivírus Fiscal, Simulador Tributário e Vacina Fiscal. Acesse o site e veja mais.


Assessoria de imprensa da Comtax:
IDEIACOMM

(11) 5111-8841

Juliana Garcia (MTB 63.694)
11 95070-8903
[email protected]

Keth Oliveira
11 98318-1577
[email protected]

Stephanie Ferreira  
11 98184-5986
[email protected]

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.