15/02/2024 às 14h03min - Atualizada em 17/02/2024 às 00h01min

Diferenças entre as apólices exigem atenção para saber que ajuda pode ser acionada

Diferenças entre as apólices exigem atenção para saber que ajuda pode ser acionada

Mariana Garrett Paker Rodrigues
FreePik

O abandono de locais de acidente automobilístico triplica as chances de óbito dos acidentados, conforme já apontou um estudo do Detran-SP. Por configurar crime de omissão de socorro, essa atitude pode resultar em consequências sérias como acusações criminais, multas, sentenças de prisão, perda de emprego. No Brasil não há estatísticas oficiais sobre essas situações, mas nos EUA há dados disponibilizados pela AAA Foundation for Traffic Safety, que apontam uma realidade preocupante. Chamados por lá de “Hit-and-runs”, são responsáveis por mais de 5% das fatalidades no trânsito e aumentam em média 7,2% todos os anos; motoristas que fugiram foram responsáveis por 20% das mortes de pedestres; 68% das pessoas mortas devido a hit-and-runs eram pedestres e ciclistas.

“Nos EUA, por exemplo, se você estiver envolvido em um acidente causado por um motorista que não permaneceu no local, sua apólice de seguro auto pode cobrir algumas despesas”, detalha Tiago Prado, CEO da BRZ Insurance. “Mas o que e como será a indenização depende das coberturas contratadas”, enfatiza.

Entre as coberturas disponíveis nos EUA que cobrem a situação, a Collision protege contra danos causados ao carro do segurado pela colisão. Embora a culpa não seja dele, o segurado terá o prejuízo do valor da franquia. No caso do motorista infrator ser encontrado, ele pode ser obrigado a pagar a franquia e existe a possibilidade de reembolso. 

A Uninsured Motorist para motoristas sem seguro ajuda a pagar despesas médicas, salários perdidos ou danos ao carro se o motorista culpado pelo acidente não tiver seguro ou se o motorista culpado pelo acidente for bem sucedido na fuga. Mas vale lembrar que a seguradora pode exigir prova de que o outro motorista não era segurado, o que pode ou não ser possível após a fuga.

Outro seguro que pode ajudar é o Uninsured motorist property damage, cobrindo danos ao carro ou outra propriedade, mas pode haver restrições ao seu uso, dependendo da seguradora.

Já o Personal injury protection (PIP) paga por pagamentos médicos, salários e mais, independentemente de quem for a culpa no acidente (mas cada estado nos EUA tem regras diferentes, então é recomendado conferi-las).

Sobre a BRZ Insurance

A BRZ Insurance é uma Insurtech focada na comunidade brasileira e latina nos EUA. Operando desde 2017, usa IA para oferecer ao imigrante latino que atualmente reside em solo norte-americano uma gama de serviços de seguros, levando em consideração as exigências de cada cliente à legislação e exigências locais. Com operação no Brasil e nos Estados Unidos, consegue não só conceder atenção e cuidado de acordo com a cultura e os hábitos desse público, mas também levar a solução adequada a cada necessidade em específico, descomplicando o processo de contratação de seguros e democratizando, dessa forma, o seu acesso.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.