30/01/2024 às 10h47min - Atualizada em 31/01/2024 às 00h00min

Torneio de futebol premia jovens promessa do esporte sulparense

Projeto social estimula o desenvolvimento juvenil através do esporte e religião.

Renê Valente
Renê Valente
Na manhã do último domingo, 28, foi realizado em Redenção, sul do estado do Pará, o 1° Torneio Interno Abba Champions da escolinha de futsal “Bíblia na mão e bola no pé”.O evento foi realizado na quadra poliesportiva da escola municipal Kyaren Pérsia de Alcântara, situada no setor Alto Paraná e contou com a presença de aproximadamente 50 atletas que buscam se capacitar e sonham destaque no esporte.

O torneio contou com atletas de três categorias, 2011-12,2009-10 e 2013-14-15. Foi convidada para abrir o torneio em um jogo amistoso, a escolinha Escrete de Ouro na categoria 2009-10.
Liderado pelo professor Richardson Queiroz, o torneio é mais uma atividade do projeto de evangelização com sede social na igreja evangélica Aos Pés do Abba e atualmente atende crianças de 8 a 14 anos de todas as faixas sociais.

O projeto o tem por objetivo a propagação da doutrina cristã, utilizando o esporte como ferramenta de transformação, conduzindo os jovens para o exercício ético e moral na vida diária. “Nosso foco é pregar o evangelho da salvação e o futebol, quadra ou o campo é utilizado como altar de Deus, sendo guiado pelo Espírito Santo”, ressalta Queiroz.

Projetos sociais mudam vidas?
Os projetos sociais esportivos são atividades organizadas que visam promover o esporte e a educação para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Eles podem ser realizados por organizações governamentais, ONG’s e até mesmo por empresas privadas.

Os benefícios dessas ações são diversos, tanto para os participantes quanto para a sociedade. Eles promovem a inclusão social, mudanças positivas de comportamento, preenchimento do tempo livre, aumento do desempenho escolar, além de capacitação para uma futura profissão.

Quem também sai ganhando com essas iniciativas é a sociedade local, pois contribuem para a redução da pobreza e desigualdade social, promovem a saúde e bem-estar e fortalece a cidadania.
Entretanto, não é fácil tocar um projeto social em nosso país, tampouco em Redenção. Como a grande maioria, a obra depende de apoio voluntário e doações para avançar, permitindo que com o tempo, os resultados apareçam.

Com o “Bíblia na mão” não é diferente. “Deus vai mandando as pessoas, alguns doam bolas, outros chuteiras e coletes e toda ajuda é bem vinda, desde materiais esportivos a cestas básicas”, comenta Richardson agradecido.

Como funciona o Bíblia na Mão e Bola no Pé?
Atualmente as aulas acontecem todo sábado a partir de 8 horas na quadra da escola Kyaren Pérsia. Há também aulas em algumas segundas-feiras de cada mês.

Para participar não é cobrado taxas, nem matrículas. Basta entrar em contato com a organização através do whatsapp (94) 9 9177-6736 ou pelo Instagram @biblianamaoebolanope.
Há previsão de novas turmas com vagas limitadas para fevereiro. Por isso acompanhe nas redes sociais.

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.