23/01/2024 às 16h25min - Atualizada em 25/01/2024 às 00h01min

Planejamento estratégico é essencial para mostrar áreas de atenção do negócio

Manter as despesas em dia é essencial para não atrapalhar o fluxo de caixa da empresa e da vida pessoal

AIs Comunicação e Estratégia
AIs. Comunicação
De acordo com dados do SPC Brasil e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), seis em cada 10 brasileiros admitem que nunca destinam seu tempo às atividades de controle financeiro, e que às vezes recorrem a cartões de crédito e até aos empréstimos para conseguir pagar as contas do mês.

O começo do ano é o momento ideal para preparar de forma estratégica os gastos e investimentos. No caso das empresas, o planejamento deve ser feito com antecipação para que já se inicie o ano implementando o projeto. Mas mesmo aqueles que ainda não prepararam podem garantir a organização e previsibilidade das despesas e investimentos, principalmente para visualizar os pontos que exigem mais atenção no negócio seja para economizar ou investir.

A previsão de despesas é importante, até porque, assim como na vida pessoal, o início de ano é marcado por despesas adicionais com impostos pontuais como por exemplo o IPTU dos empreendimentos ou mesmo o IPVA para aqueles que possuem frota de veículos. E a projeção dessas despesas deve ser organizada para não apertar o capital e não interferir na estabilidade financeira.

O planejamento prévio, pode ser feito com auxílio dos profissionais envolvidos nas áreas: administrativa, contábil e jurídica, dessa forma é possível se atentar a todas as necessidades do empreendimento e algumas recomendações são importantes para manter o negócio saudável.

Especialista em Direito Bancário e Empresarial, o advogado Rafael Guazelli, avalia que a organização empresarial deve ser acompanhada de um diagnóstico de auto fiscalização. Seja na empresa ou na vida doméstica, gastos que ressaltam no orçamento devem ser sempre reavaliados.

Um planejamento financeiro bem organizado, e com a devida separação das despesas da pessoa física e da pessoa jurídica, é um passo importante a ser tomado para ter melhor controle das finanças e poder vislumbrar investimentos no negócio. Iniciar o ano tendo em vista suas obrigações proporciona que a empresa tenha vida financeira saudável, bem como o empreendedor”, afirma Rafael Guazelli.

Algumas medidas mais comuns nas empresas, podem facilmente ser adaptadas para uso na vida pessoal. Visto que muitos têm certa dificuldade em controlar o que ganham e o que gastam, existem tecnologias que podem ajudar com o controle de gastos, e ao invés de levar tempo preenchendo uma planilha ou anotando em um caderninho, a pessoa consegue ter uma noção maior das suas despesas e da flexibilidade de quanto poderá gastar cada mês sem prejudicar  as finanças recorrentes, tudo isso de uma forma mais prática e rápida usando os recursos disponíveis.

Algumas vezes, as pessoas acham que sabem onde estão os maiores custos pessoais ou empresariais. No entanto, essa resposta só vem, realmente, no momento, em que o orçamento é avaliado de formas minuciosa, sendo possível analisar áreas em que determinados gastos podem ser cortados sem afetar ou provocar o aperto financeiro”, reforça Guazelli.

A educação financeira é tema importante para que os empreendedores tenham atenção e adotem medidas práticas com disciplina, auxiliando a ter um melhor orçamento e usar os seus recursos de forma mais ponderada.

“Milhares de brasileiros passam por problemas financeiros, e muitas vezes isso se deve a falta de conhecimento sobre o próprio dinheiro. A tarefa não é fácil, mas pode permitir que a empresa ou a pessoa física, entenda quanto pode investir seja em um bem para uso pessoal ou em uma novidade para a empresa” avalia Guazelli.

A expectativa é organizar para iniciar um ano sem preocupação se haverá dinheiro para pagar as contas no começo do mês, proporcionando uma vida mais saudável e equilibrada financeiramente.
 
Sobre Rafael Guazelli

Rafael Guazelli constrói, diariamente, uma carreira sólida de sucesso. Tem 16 anos de experiência no mundo jurídico e é especialista nas áreas de Direito Tributário, Agrário e Bancário, entre outras. Contabiliza, atualmente, em seu escritório Guazelli Advocacia, cerca de 900 clientes atendidos e mais de 2.500 ganhos de causa. Possui formação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2006) e é Técnico em Transações Imobiliárias desde 2009. Associado ao Instituto de Direito Tributário do Paraná – IDT, já foi membro Integrante da Comissão de Direito Tributário da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Paraná (OAB/PR).

Atuando com soluções inovadoras e sistêmicas, resultado do aprimoramento constante de seu conhecimento, o Dr. Rafael Guazelli está sempre atento às propostas e projetos que visam alterar a legislação, mostrando profunda capacidade de análise sobre seus impactos nas relações entre pessoas físicas e jurídicas com as instituições financeiras, bem como no fisco e no agronegócio, uma das atividades econômicas que mais crescem no Brasil.
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.