22/05/2023 às 19h06min - Atualizada em 23/05/2023 às 16h00min

Mostra Povoar acontece no Sítio Histórico Porto, no Espírito Santo

Espetáculos e oficinas de teatro, dança, circo e música acontecem até o dia 27 de maio

SALA DA NOTÍCIA Julia Ourique
OrBe Comunicação
Lina Mintz e Dagmar Bedê
 

Um dos principais pontos turísticos do Espírito Santo, o Sítio Histórico Porto, recebe até o dia 27 de maio, a 2ª edição da Mostra Povoar. Foram selecionados oito espetáculos gratuitos de música, dança, circo e teatro, de companhias e artistas do Espírito Santo, de Minas Gerais, de São Paulo, do Rio de Janeiro e de Santa Catarina, mostrando que a arte não tem fronteiras! Além dos espetáculos, a Mostra também vai oferecer oficinas gratuitas de dança, circo e filme. As atividades visam valorizar este espaço tão importante para a história dos capixabas, enquanto resgata e revive o movimento artístico cultural e leva cultura e diversidade para a cidade de São Mateus (ES).

 

Nesta segunda edição, o público capixaba terá acesso a uma programação intensa que traz espetáculos teatrais e de dança, shows musicais, oficinas artísticas e que representam a cultura local, como o Grupo Ticumbi e a Lira Mateense. Entre os destaques do teatro estão o espetáculo “Zacimba Gaba - A História de uma Guerreira”, da Cia. Vão Brincar (ES), que conta a história de uma guerreira que foi escravizada e chegou ao Porto, onde hoje está o Sítio Histórico. Na Mostra Povoar também serão apresentadas performances de palhaçaria, teatro de bonecos, e ainda, apresentações que vão da dança contemporânea ao funk carioca. Entre os dias 22 e 27 de maio também acontecerá a exposição “Axé e Arte Monagira Giracundê”, de Arthur Sants, que evoca a representatividade das matrizes africanas.

 

Criada pela produtora cultural Rafaella Vagmaker, a Mostra Povoar existe graças à forte relação da profissional com o Sítio Histórico Porto, onde realizou seus primeiros trabalhos no teatro e na produção cultural.

 

“Foi nele que assisti as primeiras peças de teatro e que também, de certa forma, comecei a produzir. Foi nele que vi de perto o que é produção cultural com a realização do FENATE - Festival Nacional de Teatro de São Mateus, que recebia inúmeros grupos. Tenho uma memória que remonta há quase 15 anos, do que vivi no Porto, de sua efervescência cultural que me estimulou e me fez sonhar em seguir na profissão. Então, ver o Porto atualmente, com poucas atividades culturais me incomoda e me instiga a fazer alguma coisa”, relembra Rafaella.

 

Confira os espetáculos e oficinas:

 

MÚSICA 

 

Lira Mateense (ES): A Tenda Povoar recebe a Lira Mateense, instituição musical que conta com 113 anos de fomento à cultura e arte. O espetáculo “A musicalidade de um Povo” apresenta composições nacionais e internacionais em arranjos dos maestros que estiveram à frente da Banda Lira Mateense. A apresentação acontece no dia 25 de maio, com início às 17h30, na sede da Lira Mateense, com um cortejo que irá até o Sítio Histórico Porto, às 19h, quando terá início o espetáculo com duração de 60 minutos e classificação livre.

 

André Prando (ES): O cantor e compositor capixaba, André Prando, apresenta seu show em formato voz e violão, na Tenda Povoar. No repertório, canções que abarcam seus três álbuns: “Vão” (2014), “Estranho Sutil” (2015) e “Voador” (2018). Em seu currículo, o artista também traz os prêmios de “Melhor intérprete” e “Melhor show”, no 1º Prêmio da Música Capixaba, realizado em 2022. A apresentação acontece no dia 27 de maio, às 20h, com duração de 60 minutos e classificação livre.

 

DANÇA

 

Oficina “Dança Afro-contemporânea”, com Maicom Souza: A dança afro-contemporânea será ministrada como uma fusão de duas linguagens: a

técnica sistematizada por Mercedes Baptista, e a dança contemporânea de Mario Nascimento, que nasceu da pesquisa de outras possibilidades de pensar movimentos. Os encontros acontecem nos dias 20 e 21 de maio, entre 13h e 18h, na Casa da Cultura, no Sítio Histórico Porto, podem participar jovens e adultos.

 

“Calundu”, do Marcelo Oliveira (ES): A Galeria A Margem recebe o espetáculo que fala do abandono da fragilidade como uma difícil tarefa proposta aos homens desde a infância. Pensando neste processo de amadurecimento masculino que força as crianças a reforçar seu lado bruto, o bailarino Marcelo Oliveira criou a performance “Calundu”. A apresentação acontece no dia 20 de maio, às 19h, com duração de 40 minutos e classificação livre.

 

“Se meu corpo fosse”, da Alarcon Picanço Criações (RJ): A Casa da Cultura, no Sítio Histórico Porto, recebe o espetáculo da companhia da Baixada Fluminense que expressa, por meio da dança, a realidade de jovens artistas moradores da favela Parque das Missões, em Duque de Caxias. A performance acontece no dia 24 de maio, às 19h, com duração de 40 minutos e classificação livre.

 

“Mina Rodada”, da Jacki Karen (RJ): A coreógrafa e dançarina Jacki Karen leva para a Tenda Povoar, no Sítio Histórico, uma performance que une o funk carioca e o corpo da mulher negra. Pensando o rebolado como uma forma de empoderamento feminino, o espetáculo convida a mina espectadora a refletir sobre o lugar da mulher. A apresentação acontece no dia 26 de maio, às 20h, com duração de 30 minutos e classificação de 16 anos.

 

“Bom Sujeito”, da Ivna Messina (ES): A artista capixaba da dança, intérprete e criadora, Ivna Messina, apresenta na Casa da Cultura, o solo “Bom Sujeito”, que se passa em uma quarta-feira de cinzas, enquanto uma mulher remexe as memórias do carnaval recém finado. O espetáculo é um desdobramento do projeto “Isso não é flamenco”, realizado por ela desde 2012, e desta vez aproxima o flamenco do samba e do carnaval. A performance acontece no dia 27 de maio, às 19h, com duração de 40 minutos e classificação livre.

 

Apresentação do Grupo Ticumbi (ES): A dança dramática “Ticumbi”, originária da África, mas encontrada no Espírito Santo, também é conhecida como “Congada” e “Baile de Congo”, e encena antigos acontecimentos históricos das comunidades negras e reinados africanos. O espetáculo acontece na Tenda Povoar, no Sítio Histórico do Porto, no dia 27 de maio, às 17h, com duração de 50 minutos e classificação etária livre.

 

“A Menina e o Pássaro”, do Coletivo Emaranhado (ES): Ainda dentro do projeto “Escola vai ao Teatro”, a Tenda Povoar recebe o espetáculo que acompanha as aventuras de Menina e seu melhor amigo, o Pássaro, no mundo imaginário de “Tão Belo”, por meio da dança, envolvendo imagens, sensações e emoções criadas pelo imaginário infantil. A apresentação é direcionada para as escolas já inscritas previamente.

 

CIRCO

 

“Circo de Família”, da Cia. Circunstância (MG): Na sede do Projeto Zés do Futuro, a companhia mineira conta a história de uma família que está empenhada em levar a arte da palhaçaria para o mundo inteiro, com muito amor, humor e uma dose de paranormalidade! O espetáculo é destinado ao público do projeto Zés do Futuro

 

Oficina “Introdução ao Malabarismo”, com Carlitos Cachoeira (SP): No encontro realizado na Casa da Cultura, no Sítio Histórico Porto, entre os dias 22 e 24 de maio, de 14h às 17h, serão apresentadas as noções básicas de malabarismo. Serão utilizados lenços, pratos de equilíbrio e bolinhas. O público-alvo é de adolescentes e jovens.

 

“ShakesPirando”, da Cia. Canta Circo e Teatro (SP): A Tenda Povoar, no Sítio Histórico Porto, recebe o espetáculo dentro do projeto “Escola vai ao Teatro”. A performance conta a história de vida e obra de Shakespeare unindo as linguagens da música, do teatro e do circo. A apresentação é direcionada para as escolas já inscritas previamente.

 

“A Refeição”, da Cia. Tramp de Palhaços (SP): A companhia conta a história de Filomeno, um vendedor de pipocas que percorre teatros e praças pelo Brasil afora e que tem o sonho de conhecer o palco do teatro. A apresentação acontece na Tenda Povoar, no Sítio Histórico Porto, no dia 26 de maio, às 19h, com duração de 60 minutos e classificação etária livre. 

 

TEATRO

 

“Vida Seca”, da Cia. Manipuladora de Formas Etc I Tal (SC): A Casa da Cultura, no Sítio Histórico Porto, recebe o espetáculo teatral com bonecos de luva que une referências da obra “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos e na pintura “Retirantes”, de Cândido Portinari. A performance acontece no dia 25 de maio, às 20h, com duração de 40 minutos e classificação etária livre. 

 

“Zacimba Gaba - A História de uma Guerreira”, da Cia. Vão Brincar (ES): A Tenda Povoar, dentro do projeto “Escola vai ao Teatro”, recebe o espetáculo infantil que traz texto baseado na história “Princesa, Escrava e Guerreira”, do livro “Os Últimos Zumbis”, de Maciel de Aguiar. A montagem fala sobre as injustiças e sobre o sofrimento do negro escravizado, além do racismo enfrentado pela brava princesa africana da nação de Cabinda, na África. A apresentação é direcionada para as escolas já inscritas previamente.

 

AUDIOVISUAL

 

Oficina “Vamos Fazer um Filme?”, com Lucas de Jesus (BA): A oficina de realização audiovisual é destinada a jovens e adultos que desejam aprender a criar conteúdo audiovisual, desde a concepção até a produção final. O encontro é destinado aos participantes do Projeto Araçás.

 

“Quantos Mais?”, de Lucas de Jesus (BA): O filme fala sobre a violência que acomete corpos negros e conta a história de um jovem universitário que trabalha como garçom para pagar a faculdade. O filme já circulou por mais de 100 festivais, em mais de 22 países. Após a exibição, haverá um bate-papo com o roteirista e diretor do curta-metragem, no dia 27 de maio, às 18h, na Tenda Povoar, no Sítio Histórico Porto. A duração do curta é de 12 minutos e a classificação etária é de 12 anos.

 

EXPOSIÇÃO

 

“Axé e Arte Monagira Giracundê”, de Arthur Sants (ES): Entre os dias 22 e 27 de maio, de 15h às 20h, o Sítio Histórico Porto recebe exposição que busca educar por meio de pinturas sobre telas que narram as histórias e contos dos Orixás e entidades que marcam a religiosidade Preta.

 

A Mostra Povoar é realizada com recursos públicos do Governo do Espírito Santo viabilizados pela Lei de Incentivo à Cultura Capixaba, da Secretaria da Cultura. Este projeto é realizado pela Rafaella Vagmaker Produtora e a Bule Estúdio Criativo, em parceria com a Companhia de Gás do Espírito Santo - ES Gás, a Prefeitura Municipal de São Mateus e a Associação de Moradores do Bairro Porto - AMBP.

 

PROGRAMAÇÃO


22 de maio (segunda-feira)

 

9h - Espetáculo “Zacimba Gaba - A História de Uma Guerreira”, na Tenda Povoar

13h às 15h - Oficina “Vamos Fazer um Filme?”, no Projeto Araçás

14h às 17h - Oficina “Introdução ao Malabarismo”, na Casa da Cultura

15h - Espetáculo “Zacimba Gaba - A História de Uma Guerreira”, na Tenda Povoar

15h às 20h - Exposição “Axé e Arte Monagira Giracundê”, no Sítio Histórico

 

23 de maio (terça-feira)

 

9h - Espetáculo “A Menina e o Pássaro”, na Tenda Povoar

13h às 15h - Oficina “Vamos Fazer um Filme?”, no Projeto Araçás

14h às 17h - Oficina “Introdução ao Malabarismo”, na Casa da Cultura

15h - Espetáculo “A Menina e o Pássaro”, na Tenda Povoar

15h às 20h - Exposição “Axé e Arte Monagira Giracundê”, no Sítio Histórico

 

24 de maio (quarta-feira)

 

9h - Espetáculo “ShakesPirando”, na Tenda Povoar

13h às 15h - Oficina “Vamos Fazer um Filme?”, no Projeto Araçás

14h às 17h - Oficina “Introdução ao Malabarismo”, na Casa da Cultura

15h - Espetáculo “ShakesPirando”, na Tenda Povoar

15h às 20h - Exposição “Axé e Arte Monagira Giracundê”, no Sítio Histórico

19h - Espetáculo “Se meu corpo fosse”, na Casa da Cultura

 

25 de maio (quinta-feira)

 

13h às 15h - Oficina “Vamos Fazer um Filme?”, no Projeto Araçás

15h às 20h - Exposição “Axé e Arte Monagira Giracundê”, no Sítio Histórico

17h30 - Cortejo de abertura com a Lira Mateense, na Sede da Lira

19h - Espetáculo “A Musicalidade de um Povo”, da Lira Mateense, na Tenda Povoar

20h - Espetáculo “Vida Seca”, na Casa da Cultura

 

26 de maio (sexta-feira)

 

15h às 20h - Exposição “Axé e Arte Monagira Giracundê”, no Sítio Histórico

19h - Espetáculo “A Refeição”, na Tenda Povoar

20h - Espetáculo “Mina Rodada”, na Tenda Povoar

 

27 de maio (sábado)

 

15h às 20h - Exposição “Axé e Arte Monagira Giracundê”, no Sítio Histórico

17h - Apresentação do Grupo Ticumbi (ES), na Tenda Povoar

18h - Exibição do filme “Quantos Mais?”, na Tenda Povoar

19h - Espetáculo “Bom Sujeito”, na Casa da Cultura

20h - Apresentação voz e violão do André Prando, na Tenda Povoar

 

Serviço

Mostra Povoar

 

Data: 20 a 27 de maio - Horário: conferir programação

Entrada: Gratuita

Classificação: consultar espetáculo

 

Local: Galeria A Margem

Av. Cricaré, nº 1719 - Beira Rio - São Mateus (ES)

 

Local: Projeto Zés do Futuro

Av. Ernane Rufino da Silva, 65 K - Pedra D'água - São Mateus (ES)

 

Local: Projeto Araçás

Rua José Bino de SantAnna, nº 37 - Bairro Universitário - São Mateus (ES)

 

Local: Casa da Cultura l Sítio Histórico Porto

Largo do Chafariz - Bairro Porto - São Mateus (ES)

 

Local: Tenda Povoar - Sítio Histórico Porto

Largo do Chafariz - Bairro Porto - São Mateus (ES)

 

Acompanhe a Mostra Povoar

 

Instagram: https://www.instagram.com/mostrapovoar/

YouTube: https://www.youtube.com/@mostrapovoar6536


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.