27/10/2023 às 14h54min - Atualizada em 29/10/2023 às 00h00min

Grupo Mateus recebe prêmio de melhor empresa do ano no setor de Atacado e Varejo

Empresa é reconhecida na categoria pela 1º vez, com destaque em indicadores financeiros, crescimento expressivo e pelas práticas ESG desempenhadas ao longo de 2022

Mara Júlia Miranda dos Santos
Grupo Mateus

O Grupo Mateus, um dos maiores varejistas do setor alimentício do País e o maior do Norte e Nordeste, foi escolhido como a empresa do ano no setor Atacado e Varejo pela premiação Melhores e Maiores 2023, organizado pela revista Exame. A conquista, alcançada pelo primeiro ano, foi obtida pelos relevantes resultados financeiros, crescimento exponencial e práticas ESG da empresa ao longo de 2022. Em sua 50ª edição, esta é a maior premiação da economia brasileira, reconhecida pela análise de dados e números de companhias que espalham boa gestão pelo País.

Para se ter uma dimensão desse crescimento, em 2022, o Grupo Mateus encerrou o ano com 31 novas lojas, sendo 11 em cinco novos Estados. Em 2023, até o momento, 16 novas lojas foram abertas.
 

Resultados financeiros ressaltam a solidez do Grupo 

No 2T23, o Grupo Mateus registrou lucro líquido de R$ 293,2 milhões, com margem Ebitda de 7,5%, como  demonstra o relatório de resultados divulgado recentemente pela companhia. No 2T23 foram R$ 6,4 bilhões de receita líquida, o equivalente a um crescimento de 23,6%. Ao todo, nos seis primeiros meses do ano a receita foi de R$ 12,3 bilhões, 25,7% a mais que o registrado no 2T22.

O resultado demonstra a solidez da Companhia, com destaque para a melhoria da rentabilidade e manutenção de uma dinâmica de capital de giro mais saudável, o que a destacou como líder entre os varejistas de alimentos no período. Em 2022, por exemplo, a melhoria desse capital de giro gerou R$ 1 bilhão de caixa no 4T22. 

Seguindo sua trajetória de crescimento, a companhia ainda contabilizou lucro bruto de R$ 1,4 bilhão, o que significa um aumento expressivo de 19,4% no período, com margem bruta de 21,8%. No semestre, o lucro bruto foi de R$ 2,6 bilhões, com margem de 21,5%. Já o lucro líquido do trimestre apresentou avanço de 11%, atingindo a marca de R$ 293,2 milhões. Nos primeiros seis meses deste ano, foram R$ 532,9 milhões de lucro, 15% acima do registrado no 6M22.

Esta foi a primeira vez que o Grupo Mateus abriu a rentabilidade das lojas que completaram um ano da chamada “nova regional”, que inclui todas as lojas abertas desde o IPO no Nordeste, excluindo-se os Estados do Maranhão, Pará e Piauí. Das 26 lojas que compõem essa lista, 7 já completaram um ano e entraram neste recorte.

Entre 2020 e 2023, o Grupo Mateus registrou uma evolução de 70% no faturamento, passando dos R$ 24 bilhões. Com o plano de expansão a todo o vapor, a empresa pretende ampliar cada vez mais o mix de serviços ofertados nas cidades em que já está presente, ao mesmo tempo que ocupa outros estados e cidades do Norte e Nordeste do país. 


 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.