05/09/2023 às 11h31min - Atualizada em 06/09/2023 às 00h02min

AOBESIDY lança conferência sobre políticas em relação a obesidade e sobrepeso a ocorrer em 10 de dezembro desse ano

conferencia

Sandro Schmitz dos Santos
AOBESIDY
AOBESIDY
A instituição do terceiro setor com sede no estado do Rio Grande do Sul, cuja função principal é lutar pelos interesses da comunidade de pessoas que vivem com sobrepeso e obesidade em nosso país e são subrepresentadas ou mal representadas, em todas as instâncias, públicas ou privadas, em nosso país. Apesar da Pesquisa Nacional da Saúde [PNS] de 2020 haver apontado que 60.3% da população brasileira está acima do peso, não existe uma preparação prévia do Sistema de Saúde para atender a esse público. Outra preocupação é o fato que 31.9% dos adolescentes estavam acima do peso no período da pesquisa.
Obesidade é uma doença multifatorial, pode ter sua origem em diferentes dimensões: biológica, social, cultural, comportamental, de saúde pública e política. Desde fatores genéticos e hormonais que não estão sob controle das pessoas até hábitos pessoais colaboram com a obesidade, e, em função disso é fundamental política públicas sólidas para a prevenção e o tratamento da obesidade.
É justamente nesse ponto que o Presidente da AOBESIDY, Valter Merciel, comenta: “Infelizmente, as poucas políticas públicas existentes no país não são consistentes com as necessidades da população com sobrepeso/obesidade em nosso país. Apesar de, corretamente, focada em prevenção, esquece da população obesa do país e cobre a prevenção e o tratamento na ponta a cirurgia, mas não garante condições de uma cobertura digna ao realizar exames, pois nem laboratórios, nem hospitais possuem estrutura para receber esse pública, tendo em vista não possuírem cadeiras, macas, ou mesmo camas adequadas para suportar o peso de pacientes com esse quadro”. Ao relatar esse fato, o presidente da instituição destaca que o desconhecimento da obesidade enquanto doença faz com que uma parte da população lance a culpa da mesma sobre a pessoa, e, não sobre as causas que a provocam.

Não bastasse isso, temos ainda a grave situação que obesos enfrentam caso sofram acidentes ou sejam vítimas de desastres, como também nos relatou o Sr. Valter Merciel: “No caso de acidentes ou desastres, a situação de falta de infraestrutura é trágica, pois, hoje, o país não possui ambulâncias adequadas para o transporte de obesos do cenário do desastre para o hospital, sendo necessário chamar os bombeiros”.
A escolha do dez de dezembro é clara, pois esse é o Dia Mundial dos Direitos Humanos e a saúde é um dos direitos previstos na Declaração Universal dos Direitos Humanos em seu art. 25, Pacto Internacional de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (PIDESC) art. 12, e, demais documentos internacionais e regionais que protegem a saúde. Por isso a escolha da data para realizar esse evento em Porto Alegre/RS com alguns especialistas sobre o tema e a importância de estratégias para uma efetiva resolução dos problemas que afliegem essa população.

Esse é um dos principais objetivos da AOBESIDY, esclarecer que o sobrepeso/obesidade é uma doença e deve ser tratada, e, esse evento visa transmitir duas mensagens poderosas: esse público existe, tem interesses específicos, consome e deseja ser visto; e, agora eles têm uma entidade que irá defender seus interesses públicos e privados de forma adequada, exigindo o cumprimento de seus direitos e uma melhor qualidade de vida, a principal função da AOBESIDY.

 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.