01/09/2023 às 15h10min - Atualizada em 04/09/2023 às 00h00min

CEO da Futokens desvenda o universo das Criptomoedas e Inovações no mundo dos E-sports

Profissional fala sobre a nova plataforma criada para proporcionar experiências aos fãs de jogos eletrônicos

Tuddo Assessoria
tuddo assessoria
Tuddo Assessoria
O mundo do e-sports não para de crescer. Para explicar um pouco sobre esse momento do setor, o CEO da Futokens, Matheus Medeiros, fala sobre algumas perspectivas valiosas sobre o mercado das criptomoedas, os fundamentos das moedas digitais e as oportunidades apresentadas pelos NFTs.

O mercado de criptomoedas está em ascensão. Segundo o CEO, a descentralização e inovação são alguns dos aspectos centrais que giram em torno do mercado de criptomoedas. Matheus explica que esse mercado está ganhando destaque global à medida que mais países adotam moedas digitais.

“O que eu gosto muito de falar para as pessoas é o seguinte: não se apeguem muito ao conceito de criptomoedas. Basicamente, o criptoativo é o novo PIX. É simples, rápido, fácil, totalmente seguro e o melhor de tudo, no final das contas, é totalmente internacional”, comenta Matheus. “O pilar das criptomoedas é a relação de transparência e democratização. É para tudo, todos, em qualquer lugar, a qualquer momento.”

“Hoje qualquer criptomoeda é um ótimo meio – e um meio fácil – de trazer um novo ativo para o seu portfólio e diversificar de maneira monetária os seus investimentos. Basicamente, você tem três formas de utilizar as criptomoedas: seja como transação, como reserva de valor e como uma tecnologia. Se você é um desenvolvedor e quer fazer um projeto novo, você pode utilizar as tecnologias dos criptoativos, que, no final das contas, estão dentro de uma blockchain”, diz Matheus.

Matheus também compartilha sua visão por trás da Futokens, uma plataforma revolucionária que visa aproximar os fãs de seus ídolos no mundo dos e-sports. Através de tokens de utilidade, a Futokens oferece experiências únicas, como a oportunidade de conhecer ídolos, participar de eventos exclusivos e até visitar as gaming houses das equipes. Nesse contexto, a equipe que compõe a empresa reúne profissionais unidos por paixões compartilhadas, alinhados ao objetivo de proporcionar experiências que ultrapassem os limites da imaginação, além de criar uma plataforma feita pela comunidade, para a comunidade.

A Futokens não está sozinha nessa jornada. Matheus revelou que o Fluxo e a Imperial, duas organizações de e-sports de destaque, são parceiras da Futokens. O Fluxo foi fundado por Bruno "Nobru" Goes e Lúcio "Cerol" Lima e, inicialmente, concentrou-se principalmente no jogo Free Fire. Em um prazo de apenas 2 meses após sua criação, a equipe alcançou o título de campeã da Liga Brasileira de Free Fire, a principal competição do jogo no Brasil. À medida que sua popularidade cresceu, a organização expandiu suas atividades para abranger outras modalidades, como Counter Strike: Global Offensive, Honor of Kings e League of Legends.

Enquanto isso, a Imperial eSports é uma respeitável organização brasileira no cenário de esportes eletrônicos. Ganhou destaque principalmente por sua equipe de Counter-Strike: Global Offensive, que reuniu jogadores experientes da cena brasileira, incluindo Gabriel "FalleN" Toledo, Fernando "fer" Alvarenga, Lincoln "fnx" Lau, Ricardo "boltz" Prass e Vinicius "VINI" Figueiredo. Imparável, o time expandiu suas fronteiras, dominando também em jogos como Cross Fire.

Sobre Matheus Medeiros

Matheus Medeiros, um jovem de 24 anos, surge como um indivíduo repleto de sonhos e ambições. Formado em Relações Internacionais pela Rio Branco - SP, Matheus não apenas demonstrou habilidade nesse campo, mas também exibiu uma destreza natural em interações humanas e na busca do conhecimento.
Sua jornada empreendedora ganhou vida ao criar uma startup na faculdade, demonstrando sua curiosidade insaciável e ambição inabalável. Seu caminho o levou à Safra em 2021, onde atuou como Banker, solidificando sua compreensão dos intrincados meandros financeiros. Posteriormente, fundou seu próprio escritório, Maralto Capital, junto a outros sócios.

No entanto, a jornada de Matheus tomou um rumo excepcional quando ele foi chamado pelo sócio da Futokens, Alessandro Valente. Essa oportunidade transformadora o levou a cofundar a Futokens, um projeto ambicioso que visa redefinir a relação entre fãs e ídolos no cenário do entretenimento e dos e-sports. 
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.