01/09/2023 às 16h09min - Atualizada em 03/09/2023 às 00h00min

8,6 milhões de pessoas estão sem emprego: Veja 10 formas de ganhar uma renda extra e driblar a crise

Confira as melhores oportunidades para quem quer ganhar um dinheiro extra e driblar a crise

Joaquina da Silva
Karolina Grabowska/Pexels.

A dinâmica do emprego no contexto nacional tem gerado resultados que, embora positivos, ainda não alcançaram as expectativas mais otimistas. O Brasil experimentou uma redução no índice de desemprego esse ano, porém, continua enfrentando desafios consideráveis. 

 

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que a taxa de desocupação no Brasil caiu 8% no segundo trimestre de 2023, apesar disso, cerca de 8,6 milhões de brasileiros continuam desempregados. Esse panorama é ainda mais complexo ao considerar aqueles que se encontram inseridos na economia informal.

 

Apesar dos esforços para estimular o emprego, a evolução dessa situação apresenta uma dualidade notável. Embora haja uma melhoria visível nas estatísticas, essa diminuição não tem se mostrado tão pronunciada quanto as projeções iniciais indicavam. 

 

O atual cenário de 8,6 milhões de desempregados reflete a persistência de barreiras estruturais e a necessidade contínua de políticas que promovam um ambiente econômico mais favorável ao crescimento sustentável.

 

Além disso, é importante salientar que a análise não se limita apenas aos números oficiais. A informalidade, que é uma realidade significativa e muitas vezes subestimada, amplia ainda mais a complexidade da questão do emprego no Brasil. 

 

Preparamos este artigo para falar um pouco mais sobre esse assunto, e ainda destacar algumas possibilidades de trabalhos para se obter uma renda extra. Ficou curioso? 

 

Continue a leitura conosco!

Taxa de desemprego: um panorama atual do Brasil

No trimestre concluído em fevereiro de 2023, um retrato evolutivo dos rendimentos dos brasileiros emerge, com o salário médio atingindo R$2.853, segundo dados do IBGE, suscitando uma análise mais profunda. 

 

Quando comparado ao mesmo período em 2020, antes da pandemia no Brasil, observa-se uma ligeira redução na remuneração média, que era de R$2.878. Vale mencionar que todos esses valores foram corrigidos pela inflação, incluindo os anos anteriores. 

 

Notavelmente, o auge do rendimento médio em 2020 ocorreu no trimestre de junho/julho/agosto, alcançando R$3.060.

 

Nesse contexto, os registros do Caged ganham destaque, apontando a criação de 241.785 empregos com carteira assinada no Brasil durante o mês de fevereiro. Contudo, ressalta-se que esse valor representa uma queda de 31,6% em comparação ao mesmo mês do ano anterior.

 

Essa dinâmica evidencia a importância de não avaliar apenas as médias salariais, mas também de considerar as mudanças nos padrões de contratação e suas repercussões na economia e na vida dos cidadãos brasileiros.

 

Diante disso, algumas possibilidades de trabalhos para se obter uma renda extra têm ganhado cada vez mais destaque. Vamos às principais a seguir!

10 formas de ganhar uma renda extra e driblar a crise

  1. Freelancer 

O trabalho freelancer tem se destacado como uma alternativa interessante para indivíduos que desejam ganhar uma renda extra de maneira flexível. Essa modalidade de emprego ganhou forças com a crise sanitária de covid-19, quando o número de desocupados atingiu seu ápice sendo registradas mais de 15 milhões de pessoas nesta condição.

 

A saída para muitos foi trabalhar de forma independente no mercado informal, o que contribuiu para o aumento de 32% no número de freelancers no país, de acordo com dados da Workana. 

Essa modalidade permite que profissionais explorem seus talentos e habilidades sem estar vinculados a um local físico ou horário fixo, tornando-se especialmente atraente em um contexto em que a flexibilidade e a autonomia são valorizadas. Isso significa que o profissional pode trabalhar de casa, escolher seus próprios horários e selecionar os projetos que mais lhe interessam. 

 

Em 2023, as principais vagas que aumentaram a demanda por trabalhadores independentes envolvem redação criativa (aumento de 38%), marketing (41%) e até fotografia (40%), segundo a plataforma Freelancer.com. Também há demanda para programadores e tradutores, bem como outras áreas remotas. 

  1. Programas de afiliados

Participar de um programa de afiliados pode ser uma excelente alternativa para ganhar dinheiro extra de forma flexível e potencialmente lucrativa.

 

Trata-se de uma parceria entre empresas e indivíduos, nos quais você promove os produtos ou serviços de uma organização em troca de uma comissão por cada venda, ou ação gerada por meio dos seus esforços de marketing.

 

Normalmente, quem opta por esse caminho, pode escolher entre diferentes nichos de atuação, como viagens, moda, saúde, educação, esportes e vários outros. Esse último, no entanto, ganhou um destaque maior nos últimos anos, com a crescente das apostas esportivas no Brasil.

 

Hoje, é possível encontrar diversas casas de apostas que trabalham com esse tipo de parceria, que oferecem ao afiliado a possibilidade de lucrar com apostas esportivas sem sair de casa, usando apenas o seu computador ou celular.

  1. Venda online

A venda online se tornou uma das formas mais acessíveis e promissoras de garantir uma renda extra, proporcionando a oportunidade de comercializar uma variedade de produtos físicos e digitais por meio de plataformas de e-commerce ou até mesmo redes sociais. 

 

O cenário digital oferece um mercado global pronto para ser explorado, permitindo que empreendedores iniciantes alcancem um público amplo sem os custos e barreiras tradicionais do comércio físico.

 

Criar uma loja virtual para vender produtos físicos possibilita que você alcance uma audiência diversificada e alcance potenciais clientes em todo o mundo, além da venda de produtos digitais, como e-books, cursos online, modelos de design, músicas, softwares, entre outros.

 

A dica é oferecer itens de qualidade, construir uma presença online sólida e estabelecer uma estratégia de marketing coerente. 

  1. Aulas Particulares 

Com a crescente demanda por aprendizado personalizado e conveniência, ministrar aulas particulares ou criar cursos online se tornou uma forma eficaz e gratificante de garantir uma graninha extra enquanto compartilha suas habilidades e conhecimentos com outras pessoas.

 

Se você é um especialista em um campo específico, oferecer aulas particulares pode ser uma opção valiosa, mas há também quem aposta em cursos em formato digital para alcançar um público amplo. 

 

Mas não esqueça que para criar esse tipo de produto, é essencial oferecer um conteúdo de qualidade e estruturado. 

  1. Gig Economy

A "Gig Economy", ou economia de "gigs", emergiu como uma maneira inovadora de ganhar uma renda extra por meio da realização de tarefas pequenas e temporárias. 

 

Essa abordagem flexível e sob demanda permite que indivíduos participem de atividades variadas, como entregas, transporte de passageiros e até tarefas domésticas, por meio de aplicativos específicos.

 

A Gig Economy oferece uma ampla gama de oportunidades. Se você possui um carro, pode se tornar um motorista de aplicativo para serviços de transporte. Se prefere tarefas mais casuais, pode realizar entregas de comida ou encomendas. A possibilidade de realizar tarefas domésticas, como montagem de móveis, limpeza ou consertos, também está disponível.

  1. Artesanato e DIY

O mundo do artesanato e do “Do It Yourself” (DIY) — “faça você mesmo”, em português — não apenas permite a expressão criativa, mas também oferece uma oportunidade de ganhar um dinheiro a mais por meio da venda de suas criações únicas, feitas manualmente. 

 

Seja produzindo artigos de decoração, bijuterias, roupas customizadas ou outras peças, você pode explorar diversos canais, incluindo feiras locais e plataformas online.

  1. Revenda de produtos

A revenda de produtos é uma estratégia comprovada para ganhar uma renda extra, envolvendo a compra de itens a granel ou com desconto e sua subsequente revenda com um markup, visando obter lucro. 

 

Essa abordagem possibilita que você explore nichos de mercado, capitalizando sobre a demanda por produtos populares.

  1. Serviços de cuidado e assistência

Oferecer serviços de cuidado e assistência é uma maneira significativa de garantir uma graninha enquanto desempenha um papel crucial na vida de outras pessoas. 

 

Seja prestando cuidados a animais de estimação, atuando como babá, oferecendo assistência a idosos ou realizando tarefas domésticas, você pode se envolver em atividades que contribuem para o bem-estar dos outros e da sua própria prosperidade.

  1. Fotografia e vídeo

Se você tem habilidades fotográficas ou de produção de vídeo, aproveitar essas aptidões para oferecer serviços de fotografia e vídeo pode ser uma maneira gratificante de ganhar uma renda extra. 

 

Com a captura de momentos especiais, ensaios fotográficos memoráveis ou vídeos promocionais envolventes, você pode não apenas expandir sua paixão, mas também enriquecer sua carteira.

  1. Consultoria 

Para aqueles que possuem conhecimentos especializados em uma área específica, a consultoria e o coaching podem ser uma boa opção.

 

Esses profissionais aplicam sua expertise em determinada área para ajudar empresas ou indivíduos a resolver problemas específicos, tomar decisões estratégicas ou implementar melhorias em seus projetos. Além disso, têm a possibilidade de atuar em diferentes setores, incluindo marketing, finanças, tecnologia da informação, recursos humanos, design, entre outros.


 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.