29/05/2023 às 21h30min - Atualizada em 30/05/2023 às 00h00min

O Grathi atua há 22 anos na assistência de tratamentos infantis

Junto a Secretaria da Saúde a ONG já prestou apoio e acolhimento a mais de 6000 crianças e adolescentes

SALA DA NOTÍCIA Bianca Rebernisek
Grathi
Em maio de 2001, era fundado o Grupo de Assistência ao Tratamento e Hospedagem Infantil - o Grathi. Localizado no bairro do Jabaquara, zona sul, a organização atua há 22 anos com o acolhimento de famílias que precisam de médicos especialistas que atendem na capital paulista.

Por meio de uma iniciativa da Secretaria Estadual da Saúde, o Tratamento Fora do Domicílio (TFD), a pasta entra em contato com o Grathi. O TFD viabiliza o atendimento de pacientes de um município/estado a serviços prestados em outro município/estado. O suporte dado pelo projeto engloba a hospedagem do paciente, nesse momento entra o trabalho do Grathi.

Sua localização estratégica, perto dos hospitais mais renomados da cidade, permite que os acolhidos do Grathi tenham fácil acesso ao seu profissional da saúde. A instituição já acolheu e acompanhou mais de 6000 casos, como a primeira criança a receber a terça parte de um fígado, cirurgia delicada e até então inédita no Brasil.

Em 2017, a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz-SP) repensou o programa Nota Fiscal Paulista, possibilitando a escolha de uma entidade assistencial para se beneficiar a partir da doação das notas fiscais emitidas com CPF.
Hoje, o Grathi se mantém por meio de campanhas, doações de parceiros e voluntários, e principalmente pela doação de cupons fiscais. A instituição, além de dar protagonismo aos pais das crianças, faz com que o futuro dos pacientes seja diferente.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.