26/05/2023 às 13h55min - Atualizada em 29/05/2023 às 00h01min

No Dia Nacional do Combate ao Glaucoma, saiba como evitar e identificar a doença

No mês da conscientização sobre o diagnóstico e o tratamento do glaucoma, especialista alerta que exames regulares e hábitos saudáveis podem prevenir surgimento da doença

SALA DA NOTÍCIA Target Estratégia em Comunicação
Divulgação - Wikicommons: Ralf Roletschek
O glaucoma é uma doença ocular silenciosa que pode levar à perda gradual e irreversível da visão e, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), trata-se da maior causa de cegueira irreversível no mundo. A informação é preocupante, já que, somente no Brasil, estima-se que cerca de 1,5 milhão de pessoas tenham a doença, enquanto que apenas metade delas sabe que é portadora.

A doença lesiona o nervo óptico, levando à perda da visão periférica (as laterais do campo visual), o que torna mais difícil a sua percepção precoce. Silenciosa, se manifesta na maioria das vezes nos dois olhos, mas pode evoluir de forma diferente, tratando-se de um processo lento que avança, gradativamente, durante anos, até o aparecimento dos primeiros sintomas.

“É como se o paciente estivesse olhando por meio de um tubo fino, onde só enxerga o que está à sua frente”, explica Dr. Luiz Alberto Melo, médico-oftalmologista especialista em glaucoma do H.Olhos - Rede Vision One.

Em 90% dos casos, o glaucoma não possui uma causa aparente e costuma ter diagnóstico tardio. A detecção precoce do glaucoma é essencial para evitar a progressão da doença e preservar a visão. Infelizmente, muitas pessoas só descobrem que têm a doença quando já estão em estágio avançado, o que torna o tratamento mais difícil e menos eficaz. Por isso, a conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce é crucial.

Por isso, a conscientização sobre o glaucoma é fundamental, e o Maio Verde, mês dedicado à conscientização sobre a doença - com Dia Nacional de Combate ao Glaucoma sendo comemorado no dia 26 de maio -, é uma oportunidade importante para divulgar informações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento.

Origem da campanha
A campanha do Maio Verde é uma iniciativa da Associação Mundial de Glaucoma (WGA, na sigla em inglês) e conta com o apoio de diversas organizações e entidades médicas em todo o mundo, incluindo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) e o H.Olhos - Rede Vision, rede nacional de hospitais oftalmológicos.

Seu objetivo principal é conscientizar a população sobre a importância de fazer exames oftalmológicos regulares, especialmente a partir dos 40 anos, idade em que o risco de desenvolver glaucoma aumenta. Além disso, a campanha visa disseminar informações sobre os fatores de risco para a doença, como pressão intraocular elevada, histórico familiar, idade avançada, diabetes e miopia.

Previna-se: 5 dicas
Embora não haja uma maneira garantida de prevenir o glaucoma, existem algumas medidas que você pode tomar para reduzir o risco de desenvolver a doença ou retardar sua progressão. Essas dicas podem ajudar a reduzir o risco de desenvolver glaucoma, mas não há uma garantia absoluta de prevenção. Vale destacar ainda que é essencial consultar regularmente um oftalmologista para avaliação e monitoramento adequados da saúde dos seus olhos:
  • Faça exames oftalmológicos regulares: É importante fazer exames de vista periódicos, principalmente se você tiver histórico familiar de glaucoma. Consulte um oftalmologista regularmente para monitorar a saúde dos seus olhos e detectar qualquer sinal de glaucoma o mais cedo possível.
  • Conheça seus fatores de risco: Além de histórico familiar, outros fatores de risco para o glaucoma incluem idade avançada, pressão ocular elevada, miopia, hipermetropia elevada e diabetes. Se você tem algum desses fatores, fique especialmente atento à saúde dos seus olhos e siga as orientações do seu oftalmologista.
  • Cuide da sua pressão ocular: A pressão intraocular elevada é o fator de risco mais importante para o desenvolvimento do glaucoma. Siga as recomendações do seu médico para controlar a pressão ocular, o que pode incluir o uso de medicamentos, tratamentos com laser ou cirurgias.
  • Faça exercícios regularmente: A atividade física regular ajuda a melhorar a circulação sanguínea ocular, o que é benéfico para a saúde ocular. Converse com seu médico sobre o tipo e a intensidade de exercícios mais adequados para você.
  • Proteja seus olhos: Use óculos de proteção ao praticar esportes ou atividades que possam causar traumatismos nos olhos.
Sobre a Vision One
A Vision One é uma rede nacional de hospitais oftalmológicos de alta qualidade. Fundada em 2020, a rede está presente em 8 estados brasileiros, com 39 unidades que contam com mais de 3 mil colaboradores e médicos. Com um forte compromisso em oferecer um alto padrão assistencial, a Vision One realiza mais de 3 milhões de atendimentos e procedimentos anualmente. Com uma proposta de valor diferenciada e um forte plano de expansão, a Vision One possui unidades nas seguintes regiões do Brasil:  Distrito Federal (CBV), Pernambuco (HOPE, Santa Luiza, CEOFT e NEO), Mato Grosso (HOC), Piauí (Vilar), Maranhão (Vilar), São Paulo (H.Olhos, Molinari, CERPO, Laser Ocular, Clinoft e Visoclínica), Santa Catarina (Oftalmos), Espírito Santo (CC Olhos, HO Capixaba e Macrovisão).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.