22/05/2023 às 18h11min - Atualizada em 22/05/2023 às 18h11min

Suspeitas de matar turista chileno no Rio de Janeiro são presas

De acordo com a polícia, as garotas de programa aplicaram o golpe do “boa noite, Cinderela

De Gianlucca Gattai
gazetabrasil
Nesta segunda-feira (22/5), a Polícia Civil prendeu no Rio de Janeiro duas suspeitas de participar da morte do turista chileno Ronald Tejeda Sobarzo, de 29 anos, que foi agredido e jogado de uma ribanceira de quase 10 metros.

Sobarzo e o amigo Andres Orellana, também de 29 anos, foram atirados do Mirante Rato Molhado, em Santa Teresa (RJ), no último sábado (13), depois de um passeio noturno por bares da Lapa.

Identificadas como “Davina Cristina de Moraes Melo” e “Tuane Silva da Costa”, as suspeitas são garotas de programa.

De acordo com a polícia, elas aplicaram na dupla de amigos o golpe do “boa noite, Cinderela”.
Segundo as investigações policiais, as autoras do crime doparam os homens e roubaram seus celulares.


“O crime de ‘boa noite, Cinderela’ é muito difícil da vítima relatar. E quando é estrangeiro eles vão embora e a polícia não consegue o reconhecimento oficial”, disse a delegada Patrícia da Costa Araújo de Alemany ao site G1.

A prisão foi efetuada pela Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat) em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os mandados de prisão são temporários e devem durar por 30 dias.

As prostitutas são acusadas de por latrocínio (roubo seguido de morte) e tentativa de latrocínio. O crime considerado hediondo tem pena de 20 a 30 anos de reclusão e multa.

De acordo com Alemany, as suspeitas negam as acusações do crime. Davina e Tuane afirmam que “conheceram os rapazes e ficaram com eles na Lapa” e depois não fizeram mais nada.


Ainda de acordo com a delegada, alguns detalhes dos depoimentos são conflitantes.
Uma das mulheres disse à polícia que elas tentaram convencer os turistas a acompanhá-las para um hotel na Lapa, mas eles não chegaram a um acordo.

A delegacia também investiga outros crimes semelhantes para identificar uma possível relação com a atuação das garotas de programa.
A polícia local segue em busca do motorista do suposto táxi para apurar pontos duvidosos da história.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.