23/05/2023 às 18h02min - Atualizada em 26/05/2023 às 00h01min

Roubo e furto de motocicletas aumentaram mais de 80%, nos últimos meses

Os dias da semana com maior incidência de delitos são sextas (15,34%), sábados (14,77%) e domingos (21,02%)

SALA DA NOTÍCIA DOC Press Comunicação
divulgação
O roubo e furto de motocicletas cresceram 82,1%, nos quatro primeiros meses do ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da base de dados do Grupo Tracker, maior empresa de rastreamento e localização de veículos do país. “Essa é uma tendência que vem desde o ano passado. Mas em 2023 o índice de eventos de moto ultrapassou automóveis e encostou em veículos pesados, na nossa base. E historicamente ficava bem atrás”, conta o coordenador do Comando de Operações da empresa, Vitor Correa.

Entre as justificativas para essa explosão de eventos está o comércio ilegal de peças. “Com veículos cada vez mais caros, a falta de fiscalização desses locais e a falta de consciência da sociedade em exigir a nota fiscal na compra de uma peça usada contribuem para o crescimento constante deste mercado ilícito”, afirma. A expansão de empresas do ramo e-commerce e aplicativos de entregas também afetam diretamente, uma vez que há maior exposição de veículos desta categoria nas ruas.

Os dias da semana com maior incidência de roubos e furtos são sextas (15,34%), sábados (14,77%) e domingos (21,02%). Nestes dias, além da procura por motos de baixa cilindrada, os bandidos atacam os donos das motocicletas maiores, que saem para se divertir. “Registramos muitos eventos em avenidas que levam para fora da cidade e estradas. Nestes casos, elas costumam ser usadas para os chamados ‘rolezinhos’, onde os criminosos exibem o veículo nas comunidades”, explica Vitor Correa.

O Tracker Moto é ideal contra roubo e furto, uma vez que a tecnologia de radiofrequência é imune a inibidores de sinais (jammers) e funciona mesmo em ambientes fechados, como túneis, garagens e galpões. Além disso, ele possui bateria própria e, por isso, não interfere no circuito elétrico das motocicletas. “O dispositivo é totalmente autônomo, blindado e resistente a altas temperaturas, trepidações, poeira e água. Pequeno e instalado de forma totalmente sigilosa, permanece em stand-by e só é acionado em casos de roubo ou furto. O acionamento é realizado de forma remota pelo Comando de Operações Tracker, após ser informado pelo dono do veículo sobre o delito, ou de maneira automática, caso o dispositivo detecte a presença de jammers”, destaca o diretor Comercial do Grupo Tracker, Rodrigo Abbud.

Atualmente o Tracker Moto equipa todas as motocicletas zero quilômetro da BMW Motorrad no Brasil. O Grupo Tracker está no Brasil há mais de 20 anos e contabiliza mais de 57 mil recuperações, evitando um prejuízo superior a R$ 4 bilhões. Está presente em 13 países dos continentes americanos e europeu. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.