16/05/2023 às 11h15min - Atualizada em 25/05/2023 às 00h01min

Asilo nos Estados Unidos – brasileiros têm poucas chances para este tipo de visto.

A partir do dia 11 deste mês, o mundo voltou os olhos para a fronteira dos Estados Unidos com o México, onde milhares de imigrantes esperavam para se refugiar no país

SALA DA NOTÍCIA Samantha di Khali Comunica
Divulgação
A partir do dia 11 deste mês, o mundo voltou os olhos para a fronteira dos Estados Unidos com o México, onde milhares de imigrantes esperavam para se refugiar no país. Isto por causa do fim do "Título 42", uma importante regulamentação migratória do país, que, por conta da pandemia de Covid-19, permitia que o governo norte-americano expulsasse automaticamente todas as pessoas que chegassem ao território do país sem visto ou documentação necessária.
Desde então, os requerentes de asilo estão sendo entrevistados por oficiais de imigração e os que comprovarem estarem sendo perseguidos em seus países de origem poderão permanecer nos EUA até uma determinação final.
Porém, a advogada Ingrid Domingues McConville alerta os brasileiros sobre este tipo de visto. Quem não for "elegíveis ao asilo", pode ser deportado. Ë muito difícil, ou quase impossível, a Imigração americana conceder asilo político para brasileiros, pois este tipo de caso é muito complexo, embora a regra para a obtenção do visto seja a ameaça à vida do requerente com perseguição em seus países de origem devido à sua raça, religião, nacionalidade, associação a um determinado grupo social ou opinião política. Os brasileiros estão pedindo asilo por causas relacionadas a dificuldades econômicas do país e por discordâncias políticas. Somente nessas bases é muito difícil ter o asilo concedido. É preciso comprovar um “medo cível" de retornar ao Brasil.
É nítido que o interesse de muitos brasileiros em emigrar para os EUA aumentou bastante após a última eleição presidencial, com a busca por processos imigratórios chegando a aumentar exponencialmente em diversos escritórios americanos de imigração desde o resultado das urnas. Com isso muitos empresários estão decidindo migrar seus negócios e investimentos para os Estados Unidos e para isso existem vários caminhos legais que levam a permanência legal no país. Vistos de trabalho são os mais procurados, pois o profissional brasileiro bem qualificado, com formação e experiência comprovada, pode se juntar àqueles que já conquistaram o tão cobiçado Green Card.
Segundo o Itamaraty, aproximadamente 1 milhão e 800 mil imigrantes do Brasil (incluindo legais e indocumentados) vivem na América. A estimativa é que este número chegue a dois milhões de pessoas ainda este ano.
Quer saber mais entre no   https://instagram.com/dmvisalaw?igshid=YmMyMTA2M2Y=
 * Ingrid Domingues-McConville fundou a DM VISA LAW - Domingues McConville, P.A. em 1995.  É membro da Ordem dos Advogados da Flórida desde 1995 e membro do Tribunal Distrital dos Estados Unidos, Distrito Sul da Flórida.  Ingrid obteve seu diploma de graduação em Psicologia pela Universidade de Miami em Coral Gables, Flórida e seu diploma de Direito pela Cleveland-Marshall College of Law em Cleveland, Ohio. Com 28 anos de experiência em Direito de Imigração, Ingrid representou clientes em todo os Estados Unidos e no mundo, tanto em questões de imigração empresarial quanto familiar.  Ajudou empresas e indivíduos a obterem vistos e residência permanente nos Estados Unidos. Ingrid desempenha um papel de liderança significativo na comunidade brasileira no sul da Flórida e em todos os Estados Unidos, fornecendo orientação e aconselhamento jurídicos muito necessários.




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.