26/06/2023 às 15h06min - Atualizada em 27/06/2023 às 00h00min

Lipoenxertia Muscular proporciona resultados promissores em cirurgias plásticas

O cirurgião plástico Dr. Cauê Jorge explica como a técnica permite aumentar o volume muscular e destacar áreas específicas do corpo

SALA DA NOTÍCIA Brado Comunicação
Divulgação
Realizada em centros cirúrgicos sob anestesia geral ou raquianestesia, a lipoenxertia trata-se de um procedimento em que o cirurgião plástico aspira a gordura de regiões como culotes, barriga ou a parte interna das coxas e, após um preparo especial, a injeta em outras partes do corpo, como o bumbum, as mamas e até mesmo o rosto. Segundo o cirurgião Dr. Cauê Jorge, esse reaproveitamento da gordura em outras áreas do corpo proporciona volume à região escolhida e resultados promissores.

“Atualmente, também existe a lipoenxertia muscular durante as cirurgias de lipoHD, a fim de aumentar o volume muscular e conseguir resultados estéticos superiores. A técnica permite criar uma simetria muscular aprimorada e destacar áreas específicas do corpo, como os glúteos, as panturrilhas e os músculos abdominais. A abordagem tem sido muito bem recebida pelos pacientes que desejam resultados mais naturais, atléticos e de aparência escultural”, diz Dr. Cauê.

Portanto, a lipoenxertia muscular combina as vantagens da lipoaspiração e da enxertia de gordura para esculpir e realçar os músculos de maneira personalizada. “O procedimento tem se mostrado um avanço cada vez mais significativo na área de cirurgias plásticas, pois permite que o cirurgião trabalhe com precisão, esculpindo os músculos de acordo com a anatomia e os objetivos individuais do paciente”, diz Dr. Cauê.

O especialista também ressalta que por utilizar da própria gordura do paciente, a lipoenxertia reduz significativamente o risco de rejeição ou complicações, mais recorrentes em outras técnicas de implantes e remodelação tradicionais.

“A intervenção pode ser realizada tanto em homens quanto em mulheres, com os resultados durando de acordo com o comportamento e cuidados de cada pessoa. Lembrando que a substância irá se comportar como qualquer outra gordura do corpo, logo, caso o paciente emagreça ou ganhe peso, também haverá perda ou ganho de volume”, explica Dr. Cauê.

Diante desse cenário, o cirurgião plástico ainda ressalta que, para obter melhores resultados e evitar complicações, é imprescindível que todo e qualquer procedimento, cirúrgico ou não, seja sempre realizado por profissionais capacitados e experientes nas técnicas a serem aplicadas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.