22/06/2023 às 17h18min - Atualizada em 25/06/2023 às 00h01min

Nova vacina contra a dengue passa a ser aplicada na próxima semana, em todo o País

Imunizante, inicialmente, estará disponível apenas na rede privada de saúde com preço médio de R$300

SALA DA NOTÍCIA Camila Crepaldi
Divulgação
O início de 2023 assustou os órgãos da Saúde com o número alarmante de casos de dengue no cenário nacional. Nos primeiros cinco meses, foram registrados mais de 1 milhão de casos que resultaram em cerca de 500 mortes.

A partir da próxima semana, passa a ser disponibilizado na rede particular de saúde de todo o País, o segundo imunizante contra a dengue, autorizado no Brasil. Desenvolvida pelo laboratório japonês Takeda Pharma, a vacina leva o nome Qdenga e tem o registro aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em março deste ano.

Desde 2016 já havia registrada no Brasil a vacina Dengvaxia, do laboratório Sanofi Pasteur, mas que só pode ser utilizada por quem já teve dengue.

Médico infectologista e professor do curso de Medicina da Unic, Thiago Rodrigues esclarece as dúvidas mais frequentes sobre a vacina.

Quem pode ser vacinado?
Pessoas de 4 a 60 anos que já tenham ou não sido infectado pelo vírus da dengue.

Onde encontrar o imunizante?
A princípio, será aplicado apenas na rede privada, como clínicas, laboratórios e farmácias. O valor de cada dose será de R$301,27 a R$402,05, conforme o preço tabelado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos.

Quantas doses da Qdenga devo tomar?
O esquema vacinal é de duas doses, com intervalo de três meses entre as aplicações.

A Qdenga é segura e eficaz?
O imunizante é o segundo a ser comercializado no Brasil e é composto por quatro sorotipos diferentes do vírus causador da doença. Nos testes clínicos, a Qdenga apresentou eficácia global de 80,2% contra a dengue causada por qualquer sorotipo após 12 meses da segunda dose, além de reduzir as hospitalizações em 90%. No fim de 2022 o uso do imunizante foi liberado na União Europeia.

Quais os efeitos da vacina?
Durante o período de testes, as reações adversas apontadas foram: dor no local da picada, vermelhidão, fraqueza, mal-estar e febre.

Há alguma contraindicação?
É contraindicada para quem tem alergia aos componentes da vacina e para indivíduos em condições de imunodeficiência (AIDS, em quimioterapia, em uso de imunobiológicos, transplantados).

Quando o imunizante estará disponível na rede pública?
Sem prazo definido, a liberação da Qdenga pelo SUS aguarda liberação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) para aplicação na rede pública.




Sobre a UNIC     
Fundada em 1988, a Universidade de Cuiabá (Unic) foi a primeira instituição privada de ensino superior no Mato Grosso e é uma das universidades mais tradicionais da região, tendo formado milhares de alunos nos cursos presencias e a distância. A instituição possui nota 5 no Ministério da Educação- MEC e oferece cursos de extensão, graduação, pós-graduação lato sensu, além de programas de mestrado e doutorado. De portas abertas para a comunidade, presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, unindo formação de qualidade com a preocupação de compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. O curso de Medicina, muito conceituado, oferece infraestrutura completa com laboratórios de simulação que aprimoram o aprendizado por meio de aulas práticas. Para mais informações, acesse o site.


Camila Crepaldi 
[email protected]
(11) 99577-9020
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.