22/06/2023 às 15h05min - Atualizada em 23/06/2023 às 00h00min

Eventim trabalha com tecnologia segura para processar a venda de 250 milhões de ingressos por ano

Em 2023, a empresa comercializou os shows do Coldplay, Red Hot Chili Peppers, Foo Fighters, RBD e vendeu mais ingressos do que os 7 anos anteriores somados

SALA DA NOTÍCIA Eventim
www.eventim.com.br
Divulgação


 

Eventim trabalha com tecnologia segura para processar a venda de 250 milhões de ingressos por ano

Em 2023, a empresa comercializou os shows do Coldplay, Red Hot Chili Peppers, Foo Fighters, RBD e vendeu mais ingressos do que os 7 anos anteriores somados

 

Vender ingressos para grandes eventos  no Brasil não é simples. Isso porque o setor trabalha com o sonho de muitos fãs e, para evitar frustrações no processo de compra e acesso aos eventos é essencial estar alinhado com pilares como segurança e tecnologia. Com esses pilares no protagonismo é que a Eventim, segunda maior empresa do mundo em venda de ingressos, trabalha. A companhia une a inovação de sistemas antifraudes e de organização de filas virtuais, controle das vendas físicas nos pontos de comercialização, e o combate a cambistas e de sites que vendem entradas falsas. Presente em 22 países, a Eventim vende por ano cerca de 250 milhões de ingressos. Somente em 2023, movimentou a economia com a comercialização e divulgação dos shows de Coldplay, Red Hot Chili Peppers, Foo Fighters, RBD e festivais como PRIMAVERA SOUND ao Brasil, com todos esses eventos, a empresa vendeu mais do que os 7 anos anteriores somados.

 

“A Eventim investe em sistemas seguros e transparentes para o processo de comercialização de ingressos, tudo isso para ajudar os fãs a realizarem seus sonhos, proporcionando uma boa experiência. Além disso, é crucial dizer que a importância do setor de eventos vai além do entretenimento, nós empregamos muitas pessoas e movimentamos a economia brasileira de uma forma geral, principalmente após a pandemia, quando a retomada tem sido mais intensa”,  explica o CEO da Eventim, Jorge Reis, que também é presidente da Associação Brasileira das Empresas de Venda de Ingressos (Abrevin).

 

Para processar a demanda intensa dos eventos de grande porte, como foram as vendas do Coldplay, em 2022, e a recente abertura dos shows do grupo mexicano RBD - com mais de 700 mil acessos simultâneos ao site da empresa -, a Eventim opera com um sistema de alto padrão de segurança para o cliente, utilizado com sucesso nas Olimpíadas de Paris. A organização da fila virtual acontece de forma intuitiva e por meio de um sistema referência neste mercado.  Há ainda a verificação por captcha e detecção de bots, que fazem com que a plataforma de venda de ingressos esteja sempre em conformidade com os padrões internacionais de segurança. 

 

Além de toda a tecnologia aplicada no processo de venda e acesso aos eventos, a Eventim se preocupa em ter uma comunicação altamente alinhada com os fãs que compram em seu site. Na página oficial da empresa e nas redes sociais o tema da importância de se comprar apenas pelos canais oficiais e assim evitar frustrações ao chegar no tão almejado evento, é sempre frisado.. 

 

Crescendo em ritmo acelerado com a retomada integral dos eventos, em 2023, a companhia já entregou grandes operações como Harry Styles e Coldplay, com a mesma excelência entregará Red Hot Chilli Peppers, Fórmula 1, RBD e outros.   “Temos muitos shows, turnês, e espetáculos para trazer ao nosso país e fomentar ainda mais esse cenário que já está em ebulição”, finaliza o CEO da Eventim. 

 

Sobre a Eventim:

A Eventim está presente em 22 países. É responsável pela comercialização de mais de 250 milhões de ingressos para atender em torno de 180 mil eventos por ano (dentre eles os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e de Paris). A infraestrutura tecnológica da empresa conta com sistemas que seguem os mais altos níveis de segurança  e têm capacidade para processar a demanda intensa de tais eventos, o que se verificou, diante da efetiva aquisição, pelo público consumidor, do total de ingressos disponíveis nas duas aberturas anteriores de venda, sempre respeitando a quantidade de pessoas que cada um dos espaços nos quais o evento se realiza pode comportar.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.