21/06/2023 às 19h15min - Atualizada em 22/06/2023 às 00h00min

Para o setor de comércio e serviços, expectativa agora é que a redução da taxa de juros seja anunciada na próxima reunião do Copom

CDL/BH lembra que a redução da taxa é fundamental para diminuir a inadimplência

SALA DA NOTÍCIA Assessoria de Imprensa
https://www.cdlbh.com.br/imprensa/para-o-setor-de-comercio-e-servicos-expectativa-agora-e-que-a-reducao-da-taxa-de-juros-seja-anunciada-na-proxima-reuniao-do-copom/
Divulgação

A manutenção da taxa Selic em 13,75% pelo Comitê de Política Monetária (Copom) não foi uma novidade para diversos setores da economia, dentre eles o de comércio e serviços. Para a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), a não redução da taxa já era prevista. “Até pelos movimentos do Banco Central e o noticiário da imprensa, não tínhamos expectativa de redução neste momento. No entanto, para a próxima reunião do Copom estamos otimistas que a Taxa Selic terá uma queda”, prevê o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

Segundo Souza e Silva, os juros no patamar que estão prejudicam o comércio em diversos aspectos, como aumento dos bens de consumo, encarecimento do crédito para lojistas, redução do poder de compra das famílias, crescimento da inadimplência e menor dinheiro em circulação. Ele lembra que “é importante destacar que os efeitos dessa redução na economia só serão sentidos em, pelo menos, seis meses. Este é o tempo mínimo necessário para que as famílias recuperem o poder de consumo e tenham capacidade para pagar as dívidas”.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.