19/06/2023 às 14h31min - Atualizada em 20/06/2023 às 00h02min

Saiba como a queda de IPI beneficia quem tem consórcio de automóveis

Quem já tem carta de crédito em mãos, mas quer comprar veículos após a redução, tem mais vantagens

SALA DA NOTÍCIA Embracon

No último dia 05 de junho, o governo federal anunciou a redução de impostos com o objetivo de diminuir o preço final de carros novos de até R$ 120 mil, e ônibus e caminhões de até R$1 milhão. A medida será possível com a redução das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Programa de Integração Social e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (PIS/Cofins) para a indústria automotiva.    

Segundo o especialista, Luís Toscano (vice-presidente de negócios da Embracon – maior administradora de consórcios do Brasil), a medida vai beneficiar quem tem cota ativa de consórcio de automóveis que se enquadre no perfil da ação divulgada pelo governo. “O cenário vai beneficiar tanto quem já foi contemplado, quanto quem ainda não foi. Além disso, agora é o momento ideal para quem estava planejando dar um lance e ter mais chances de ser contemplado”, explica.  

Quem já foi contemplado 

Para os que obtiveram a carta de crédito antes da redução do IPI e ainda não adquiriram o veículo serão os mais beneficiados. Segundo Toscano, a carta de crédito concedida antes da redução dos preços dos automóveis ainda não previa esse corte. “Isso significa que ela terá um poder de compra maior. O consorciado contemplado poderá usar a carta de crédito para quitar o automóvel e utilizar os recursos restantes para pagar pela documentação e até abater as parcelas futuras do consórcio”, alerta. 

Quem não foi sorteado e quer se beneficiar da redução 

O especialista avalia que o momento é uma boa oportunidade para os cotistas ofertarem lances como estratégia para acelerar a contemplação. Existem várias formas de contemplação, além do tradicional sorteio mensal. “A Embracon é a administradora de consórcio que possui a maior variedade de formas para buscar a contemplação, podendo ser através de sorteios mensais, lance livre e lances fixos de 50% e 25%, por ordem de prioridade. A quantidade de contemplação é determinada pelo caixa arrecadado do grupo, onde mensalmente terá uma cota contemplada por sorteio e quantas mais o saldo contemplar”, explica Luís Toscano.  

Além do lance com recurso próprio, existe também o lance embutido, onde o consorciado pode utilizar até 25% do próprio crédito contratado como oferta de lance. Em caso de contemplação esse valor é descontado do próprio crédito. “Essa é uma opção para quem não tem recursos próprios para ofertar um lance, mas quer antecipar a carta de crédito”, avalia. 

O executivo da Embracon lembra que o lance não garante contemplação. “A contemplação vai sempre acontecer prioritariamente via sorteio e priorizar o maior lance for ofertado, caso tenha saldo no grupo”, alerta.   

Sobre a Embracon   

Há 34 anos no mercado de consórcios, a Embracon é uma das maiores e mais conceituadas empresas especializadas em consórcios e já entregou mais de meio milhão de bens. A empresa é autorizada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil e associada à ABAC (Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios). A Embracon possui mais de 90 filiais próprias, 600 parceiros de negócios considerando varejistas, institucionais, montadoras e quase 3 mil colaboradores celetistas. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.