16/05/2023 às 15h21min - Atualizada em 24/05/2023 às 00h00min

Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo apresenta, pela primeira vez no Brasil, uma retrospectiva completa do cineasta Frank Capra

A mostra fica em cartaz de 17 de maio a 12 de junho e exibirá 27 filmes do diretor entre ficção e documentário

SALA DA NOTÍCIA Karina Mancini
Atti Comunicação
O Centro Cultural Banco do Brasil promove, pela primeira vez no Brasil, uma retrospectiva completa e dedicada exclusivamente à obra do cineasta ítalo-americano Frank Capra.  A mostra acontece em São Paulo e abre amanhã, 17 de maio, e vai até a 12 de junho e segue temporada no Rio de Janeiro de 21 de junho a 17 de julho.

Considerado o mais popular e reverenciado cineasta entre os anos 1930 e 1940, Capra venceu três vezes o Oscar de Melhor Diretor por Aconteceu Naquela Noite (1934), O Galante Mr. Deeds (1936) e Do Mundo Nada se Leva (1938). Ganhou ainda outras três estatuetas na categoria melhor filme.

Com curadoria de José de Aguiar e Eduardo Reginato, a Mostra Frank Capra exibirá 27 filmes do diretor - entre ficção e documentário. A abertura acontece no dia 17 de maio, quarta-feira, com o clássico do cinema mudo americano Mocidade Audaciosa (1928). A obra traz um jovem aspirante a jornalista que começa investigar uma suposta assassina, vivida por Jobyna Ralston. 

Segundo os curadores, a mostra pretende revelar as várias fases do cineasta, assim como situá-lo dentro da história do cinema americano, não só através das exibições dos filmes, muitos dos quais feitos durante a Grande Depressão, mas também promovendo discussões diretas com o público por meio de debate e masterclass presencial.

Na programação estão obras da era de ouro do cineasta como Aconteceu Naquela Noite (1934), o primeiro filme da história do cinema a ganhar Oscar nas cinco categorias principais e A Mulher Faz o Homem (1939) – estrelado por James Stewart que se tornou a personificação do idealismo presente na obra de Capra –, filme que conta a história de um senador de "primeira viagem" que expõe a corrupção no Senado dos Estados Unidos, correndo o risco de destruir sua própria carreira.

A mostra ainda traz A Felicidade Não se Compra (1946), clássico conto de Natal que foi um fracasso de público na época do lançamento, mas se tornou um dos longas-metragens mais reverenciados do cinema americano e Esse Mundo é um Hospício (1944), considerada pela AFI (American Film Institute) uma das melhores comédias de todos os tempos.

Para completar a programação, o evento exibirá também Why We Fight - série de sete documentários encomendados pelo governo dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial para explicar aos soldados Americanos o envolvimento de seu país no conflito. Mais tarde, eles foram mostrados ao público dos EUA para convencê-los a apoiar o envolvimento do país na guerra.

Como um dos autores centrais da Era de Ouro de Hollywood, Capra discutiu questões muito caras aos Estados Unidos, como a Grande Depressão dos anos 1930, o otimismo em torno da política econômica do New Deal e a Segunda Guerra Mundial, constituindo um imaginário em torno do sonho de vida americano. Sua filmografia reúne um corpo de obras que propagandeou ideais, princípios e valores fundamentais da identidade nacional estadunidense em um projeto de mitificação da história do país.

Ao realizar este projeto, o Centro Cultural Banco do Brasil apresenta ao grande público a obra cinematográfica de um dos mais marcantes diretores da era dourada de Hollywood e reafirma seu compromisso de ampliar a conexão dos brasileiros com a cultura.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA         

17/05 (quarta)
15h – Mocidade Audaciosa (The Power of the Press, 62 min, 1928) – Livre
17h – A Flor dos Meus Sonhos (Ladies of Leisure, 99 min, 1930) – Livre

18/05 (quinta)
15h –  Chuva ou Sol (Rain or Shine, 88 min, 1930) – Livre
17h30 – A Mulher Miraculosa (The Miracle Woman, 90 min, 1931) – 12 anos

19/05 (sexta)
15h – A Mulher Proibida (Forbidden, 89 min, 1932) – Livre
17h30 – Loucura Americana (American Madness, 75 min, 1932) – Livre

20/05 (sábado)
15h – Loura e Sedutora  (Platinum Blonde, 85 min, 1931) – Livre
17h30 – Aconteceu Naquela Noite (It Happened One Night, 105 min, 1934) – Livre

21/05 (domingo)
13h – O Último Chá do General Yen (The Bitter Tea of General Yen, 88 min, 1932) – 12 anos
15h – O Galante Mr. Deeds (Mr. Deeds Gooes to Town, 115 min, 1936) – Livre

22/05 (segunda)
14h – A Flor dos Meus Sonhos (Ladies of Leisure, 99 min, 1930) – Livre
16h30 – Prelúdio de uma Guerra (Prelude to War, 52 min, 1942); The Nazis Striike (41 min, 1943); Divide and Conquer (57 min, 1943) – 12 anos

24/05 (quarta)
15h – A Mulher Miraculosa (The Miracle Woman, 90 min, 1931) – 12 anos
17h30 – The Battle of Britain (54 min, 1943); The Battle of China (65 min, 1944) – 12 anos

25/05 (quinta)
15h30 – A Vitória Será Tua (Brodway Bill, 104 min, 1934) – Livre
17h30 – A Batalha da Rússia (The Battle of Russia, 83 min, 1943) – 12 anos

26/05 (sexta)
15h30 – Loucura Americana (American Madness, 75 min, 1932) – Livre
17h30 – War Comes to America (70 min, 1945) – 12 anos

27/05 (sábado)
14h – O Galante Mr. Deeds (Mr. Deeds Gooes to Town, 115 min, 1936) – Livre
17h – Do Mundo Nada se Leva  (You Can't Take It with You, 126 min, 1938) – Livre

28/05 (domingo)
13h – Aconteceu Naquela Noite (It Happened One Night, 105 min, 1934) – Livre
15h – A Mulher Faz o Homem (Mr. Smith Goes to Washington, 129 min, 1939) – Livre

29/05 (segunda)
15h30 – Chuva ou Sol (Rain or Shine, 88 min, 1930) – Livre
18h – Mocidade Audaciosa (The Power of the Press, 62 min, 1928) – Livre

31/05 (quarta)
14h30 – Esse Mundo é um Hospício (Arsenic and Old Lace, 118 min, 1944) – 14 anos
18h – MASTER CLASS – O Cinema de Frank Capra – ministrada por Eduardo Reginato – Livre

01/06 (quinta)
13h – Loura e Sedutora  (Platinum Blonde, 85 min, 1931) – Livre
15h – Dama por um Dia (Lady for a Day, 96 min, 1933) – Livre
18h – DEBATE – Frank Capra – Livre

02/06 (sexta)
14h – A Mulher Proibida (Forbidden, 89 min, 1932) – Livre
16h30 – Horizonte Perdido (Lost Horizon, 132 min, 1937)- Livre

03/06 (sábado)
14h – A Mulher Faz o Homem (Mr. Smith Goes to Washington, 129 min, 1939) 35mm – Livre
17h – Adorável Vagabundo (Meet John Doe, 122 min, 1941) – 14 anos

04/06 (domingo)
13h – Do Mundo Nada se Leva  (You Can't Take It with You, 126 min, 1938) – Livre
15h30 – A Felicidade Não se Compra (It's a Wonderful Life, 130 min, 1946) – Livre

05/06 (segunda)
14h – Prelúdio de uma Guerra (Prelude to War, 52 min, 1942); The Nazis Striike (41 min, 1943); Divide and Conquer (57 min, 1943) – 12 anos
17h – Sua Esposa e o Mundo (State of The Union, 124 min, 1948) – Livre

07/06 (quarta)
15h – The Battle of Britain (54 min, 1943); The Battle of China (65 min, 1944) – 12 anos
18h – O Último Chá do General Yen (The Bitter Tea of General Yen, 88 min, 1932) – 12 anos

08/06 (quinta)
14h30 – "A Felicidade Não se Compra" – sessão inclusiva: libras, audiodescrição e closed caption (filme dublado) 130 min – Livre – Gratuita
17h30 – A Batalha da Rússia (The Battle of Russia, 83 min, 1943) – 12 anos

09/06 (sexta)
13h – War Comes to America (70 min, 1945) – 12 anos
15h30 – Órfãos da Tempestade (Here Comes the Groom, 113 min, 1951) – Livre
18h – Dama por um Dia (Lady for a Day, 96 min, 1933) – Livre

10/06 (sábado)
14h – Horizonte Perdido (Lost Horizon, 132 min, 1937) – Livre
17h – A Felicidade Não se Compra (It's a Wonderful Life, 130 min, 1946) – Livre

11/06 (domingo)
13h – Adorável Vagabundo (Meet John Doe, 122 min, 1941) – 14 anos
15h30 – Esse Mundo é um Hospício (Arsenic and Old Lace, 118 min, 1944) – 14 anos

12/06 (segunda)
15h – A Vitória Será Tua (Brodway Bill, 104 min, 1934) – Livre
17h30 – Orfãos da Tempestade (Here Comes the Groom, 113 min, 1951) – Livre

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MASTERCLASS

31 de maio (quarta-feira) - 18h

Masterclass "O Cinema de Frank Capra"

Com Eduardo Reginato, escritor, produtor, roteirista, diretor e crítico de cinema

DEBATE PRESENCIAL

01 de junho (quinta-feira) - 18h

Debate "Frank Capra" com Sérgio Alpendre, crítico de cinema, professor, pesquisador, curador e jornalista, e Paulo Santos Lima, crítico de cinema, jornalista, curador e professor.

Mediação:  curador Eduardo Reginato.

Sobre os curadores

Eduardo Reginato é escritor, produtor, roteirista, diretor e crítico de cinema. Formado, mestre e doutor em Literatura pela Universidade Federal Fluminense. Pesquisador de ocultismo, ficção-científica, cinema e literatura de horror e fantasia. Na televisão foi diretor e roteirista do programa Cinema Mundo, do extinto canal Cine Brasil TV, e produtor dos programas [Re]Corte Cultural e Arte com Sérgio Britto na TV Brasil. Foi um dos curadores das mostras Bertrand Blier e a Comédia da Provocação (2017) – na Caixa Cultural SP –, Mel Brooks — Banzé no Cinema (2020), Estúdio Hammer — A Fantástica Fábrica de Horror (2021) e Terry Gilliam – O Onírico Anarquista (2022) nos CCBBs do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

José de Aguiar é diretor de arte, diretor e produtor de cinema e TV há mais de 15 anos. Atua há mais de 11 anos como curador, coordenador geral e produtor executivo de mostras de cinema em diversos centros culturais, como as retrospectivas dos cineastas Abel Ferrara, Samuel Fuller, Oscar Micheaux, Francis Ford Coppola, David Lean, Renoir, Cocteau, Antonioni, Scorsese, Mel Brooks,  FELLINI e SPIELBERG e ainda outras mostras temáticas como o Novo Cinema Pernambucano, Dogma 95, Surrealismo e Vanguardas, e Cinema de Hong Kong, Estúdio Hammer todas elas realizadas no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, entre 2012 e 2023. Além disso, realizou mostra em outros centros como CineSesc, Caixa Cultural, Cine Odeon e Cine Brasília, tais como Cinema Boliviano, KEN JACOBS, Syberberg, Barbara Hammer e Diretoras Negras do Cinema Brasileiro.

Sobre o CCBB SP

O Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo, iniciou suas atividades há mais de 20 anos e foi criado com o objetivo de formar novas plateias, democratizar o acesso e contribuir para a promoção, divulgação e incentivo da cultura. A instalação e manutenção de nosso espaço em um prédio, em pleno centro da capital paulista, reflete também a preocupação com a revitalização da área, que abriga um inestimável patrimônio histórico e arquitetônico, fundamental para a preservação da memória da cidade.

Temos como premissa ampliar a conexão dos brasileiros com a cultura, em suas diferentes formas. Essa conexão se estabelece mais genuinamente quando há desejo de conhecer, compreender, pertencer, interagir e compartilhar. Temos consciência de que o apoio à cultura contribui para consolidar sua relevância para a sociedade e seu poder de transformação das pessoas.

Acreditamos que a arte dialoga com a sustentabilidade, uma vez que toca o indivíduo e impacta o coletivo, olha para o passado e faz pensar o futuro. Com uma programação regular e acessível a todos os públicos, que contempla as mais diversas manifestações artísticas e um prédio, que por si só, já é uma viagem na história e arquitetura, o CCBB SP é uma referência cultural para os paulistanos e turistas da maior cidade do Brasil.

SERVIÇO:

Mostra Frank Capra

Local: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

Período:  17 de maio a 12 de junho

Ingressos: Pelo site bb.com.br/cultura e na bilheteria a preços populares

(R$ 10 inteira / R$ 5 meia)

Classificação indicativa: De Livre a 14 anos, consultar programação.

Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico, São Paulo – SP

Funcionamento: Aberto todos os dias, das 9h às 20h, exceto às terças

Entrada acessível: Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e outras pessoas que necessitem da rampa de acesso podem utilizar a porta lateral localizada à esquerda da entrada principal.

Informações: (11) 4297-0600

Estacionamento: O CCBB possui estacionamento conveniado na Rua da Consolação, 228 (R$ 14 pelo período de 6 horas - necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB). O traslado pela van do CCBB é gratuito para o trajeto de ida e volta ao estacionamento e funciona das 12h às 21h.

Transporte público: O Centro Cultural Banco do Brasil fica a 5 minutos da estação São Bento do Metrô. Pesquise linhas de ônibus com embarque e desembarque nas Ruas Líbero Badaró e Boa Vista.

Táxi ou Aplicativo: Desembarque na Praça do Patriarca e siga a pé pela Rua da Quitanda até o CCBB (200 m).

Van: Ida e volta gratuita, saindo da Rua da Consolação, 228. No trajeto de volta, há também uma parada no metrô República. De 12h até o encerramento das atividades do CCBB.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.