10/06/2024 às 14h34min - Atualizada em 10/06/2024 às 16h02min

Laboratório do Hetrin atinge 100% no controle de qualidade

Controle do PNCQ atribui nota máxima aos resultados clínicos da unidade de saúde do governo de Goiás

ECCO - Escritório de Consultoria e Comunicação
[email protected]
Divulgação/IMED
O Laboratório de Análises Clínicas do Hospital Estadual de Trindade – Walda Ferreira dos Santos (Hetrin), unidade do governo de Goiás, obteve nota máxima na análise de controle de qualidade do Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas. Nos últimos três anos consecutivos, o laboratório foi reconhecido como “excelente” pelo PNCQ.

São realizados no Laboratório de Análises Clínicas os exames nas áreas de bioquímica, hematologia, imuno-hormônio, uroanálise, parasitologia, coagulação, microbiologia e gasometria. A nota do controle de qualidade, refere-se aos exames realizados periodicamente na unidade, abrangendo diversas áreas de atuação do laboratório. Esses exames auxiliam na avaliação do quadro clínico dos pacientes e na determinação das condutas de tratamento adotadas pelo hospital.

“O ensaio de proficiência é uma avaliação fundamental da competência técnica de um laboratório, e conquistar uma pontuação máxima demonstra não apenas nossa capacidade de atender aos mais altos padrões de qualidade, mas também nossa dedicação em garantir a confiabilidade dos resultados fornecidos aos nossos pacientes”, celebra Jennifer Fernandes, coordenadora da Unidade de Laboratório de Análises Clínicas e Anatomia Patológica do Hetrin, unidade administrada pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED.

Jennifer ressalta ainda que o resultado é fruto do trabalho árduo e do comprometimento de cada membro da equipe do Laboratório, desde os analistas até os profissionais que cuidam dos processos internos e da gestão da qualidade. “Há ainda investimento contínuo em tecnologia de ponta, procedimentos rigorosos e formação profissional, fatores essenciais para o alto padrão de qualidade’, garante ela.

Confiança nos resultados
O Programa Nacional de Controle de Qualidade avalia, por meio de testes de proficiência, mais de 5700 laboratórios brasileiros e cerca de 130 instituições de 11 países da América Latina e Europa. Ele é provedor de ensaios de proficiência e produtor de amostras-controle e material de referência para laboratórios, bancos de sangue, organizações de diagnóstico in vitro e no segmento de alimentos, análise de água, medicamentos e cosméticos.

Mensalmente são enviadas amostras nas áreas de Hematologia, Bioquímica, Imunologia, Uroanálise e Parasitologia para análise e conferência, no âmbito do programa de controle de qualidade e de acordo com os resultados do controle de qualidade são atribuídas notas.

O Controle Externo de Qualidade ou Ensaio de Proficiência tem por finalidade monitorar a estabilidade dos processos e procedimentos realizados. Por meio do serviço é possível avaliar as atividades laboratoriais, diagnosticar desempenhos inadequados, utilizar os resultados como ferramenta de gerência para promover ações de melhoria e aperfeiçoar o padrão de desempenho das equipes. 

O PNCQ classifica os laboratórios participantes do Programa Externo do Controle da Qualidade em excelente, bom, regular e ruim. A pontuação é dada de acordo com o grau de acertos nos laudos das amostras-controle do Controle Externo da Qualidade.


Assessoria de Comunicação do Hetrin
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
ECCO Escritorio de Consultoria em Comunicação Ltda
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.