16/06/2023 às 16h40min - Atualizada em 17/06/2023 às 00h02min

Projeto “Partiu Trabalho” realiza oficinas sobre o mercado de trabalho para jovens em Cachoeiro de Itapemirim

Oficinas têm objetivo de capacitar jovens antes de se inserirem no mercado de trabalho

SALA DA NOTÍCIA Da redação
Annynha Fotografias

O Projeto “Partiu Trabalho”, que tem a proposta de capacitar jovens para o mercado de trabalho, acontecerá entre os dias 28 de junho e 14 de julho, em Cachoeiro de Itapemirim (ES). A programação conta com 10 oficinas de artes cênicas para os alunos da E.E “Zacheu Moreira da Fraga” e busca colaborar para a inserção dos jovens no mercado de trabalho.

O evento tem como objetivo contribuir no desenvolvimento de habilidades socioemocionais dos jovens por meio de uma apresentação teatral, aberta à toda a escola e comunidade, colocando em prática o que aprenderam com as oficinas.

As oficinas do “Partiu Trabalho” acontecerão com grupos de 30 alunos da escola e vão aproximar técnicas artísticas e pedagógicas, abordando a comunicação, a expressão corporal, a prática do improviso, a integração, o trabalho em equipe, cenografia e organização cênica. Além disso, os participantes poderão exercitar a autoconfiança e a responsabilidade profissional e pessoal.

Segundo dados do IBGE, no quarto trimestre de 2022, o desemprego dos jovens entre 14 e 17 anos chegou a 29%, e aos 16,4% na faixa entre 18 a 24 anos. A capacitação de adolescentes e jovens acontece para que a inserção dos mesmos no mercado de trabalho seja uma experiência mais fácil.

Viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, “Partiu Trabalho” é uma realização da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cultura, Governo Federal União e Reconstrução com produção da Sancell Produções e patrocínio da Decolores mármores e granitos.

 

“O Projeto Partiu Trabalho foi criado para desenvolver, de uma forma lúdica, jovens que em breve estarão no mercado de trabalho. Sabemos que conquistar o primeiro emprego ainda é um desafio, pela exigência de experiência técnica e comportamental. O projeto, por sua vez, deseja preencher essa lacuna, sensibilizando os alunos que estão finalizando o ensino médio para as demandas do mercado de trabalho, antecipando desafios, ajudando a se posicionar e se apresentar de forma mais preparada. “Partiu Trabalho” tem apenas a nossa assinatura porque entendemos que a cidade de Cachoeiro de Itapemirim merece uma ação como esta. A Decolores prioriza em seus patrocínios, projetos que possam fazer a diferença na vida de crianças e jovens por um futuro melhor” afirma Gustavo Probst, Diretor da Decolores.

 

Sobre A DECOLORES: Em pouco mais de 20 anos, a Decolores se edificou como um negócio que possui a inovação, tecnologia, cuidado e contemporaneidade como partes intrínsecas de seu DNA, sendo responsável por trazer um novo olhar, mais poético e plural, para a potência das rochas naturais na arquitetura e design de interiores. Especializada na produção e comercialização de tais elementos, a empresa se destacou em meio ao trade por ser referência no beneficiamento do quartzito, um tipo de rocha mais resistente e que acabou promovendo uma inovação dentro do setor graças a sua grande diversidade de cores e formas. Por conta de seus processos bem definidos e tecnologia de ponta, a marca é considerada pioneira na produção do quartzito tanto no Brasil, como no mundo. #somosDecolores #édanossanatureza

 

Sobre o Ministério: A principal ferramenta de fomento à Cultura do Brasil, a Lei de Incentivo à Cultura contribui para que milhares de projetos culturais aconteçam, todos os anos, em todas as regiões do país. Por meio dela, empresas e pessoas físicas podem patrocinar espetáculos – exposições, shows, livros, museus, galerias e várias outras formas de expressão cultural – e abater o valor total ou parcial do apoio do Imposto de Renda. A Lei também contribui para ampliar o acesso dos cidadãos à Cultura, já que os projetos patrocinados são obrigados a oferecer uma contrapartida social, ou seja, eles têm que distribuir parte dos ingressos gratuitamente e promover ações de formação e capacitação junto às comunidades. Criado em 1991 pela Lei 8.313, o mecanismo do incentivo à cultura é um dos pilares do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), que também conta com o Fundo Nacional de Cultura (FNC) e os Fundos de Investimento Cultural e Artístico (Ficarts). Essas ações são patrocinadas pela empresa Decolores. Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cultura, Governo Federal União e Reconstrução.

 

Serviço:

“Partiu Trabalho” em Cachoeiro de Itapemirim (ES)

Datas, horários e locais:

28/06 a 14/07 - das 7h40 às 9h20, e das 9h40 às 11h20

E.M. "Zacheu Moreira da Fraga"

Rua Vargem Grande de Soturno, s/nº - Zona Rural - Cachoeiro de Itapemirim (ES)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.