28/05/2024 às 15h23min - Atualizada em 30/05/2024 às 00h01min

Dia Mundial da Energia: avanços no transporte refrigerado focam em sustentabilidade

Especialistas ressaltam a importância da nova geração de equipamentos no setor, que contribuem também para a redução de emissões de CO2

MôNICA PILEGGI
www.thermoking.com.br/la/pt.html
Divulgação Thermo King

Em 29 de maio é celebrado o Dia Mundial da Energia. Criada em 1981 com o objetivo de conscientizar sobre a importância da energia elétrica, hoje, a data provoca a reflexão sobre a necessidade da utilização de fontes de energia limpa e renováveis. Na busca de um futuro sustentável para a atual e as futuras gerações, o transporte tem um papel fundamental nesse contexto, com destaque para o refrigerado.

“O Brasil tem avançado significativamente na transição para fontes de energia mais limpas e na adoção de tecnologias eficientes. Em 2023, o país alcançou um marco importante com 83% da matriz elétrica sendo composta por fontes renováveis. Esse progresso é vital para a redução das emissões de gases de efeito estufa e para a segurança energética nacional”, reforça Vinilton Souza, gerente de Serviços da Thermo King para América Latina, empresa líder em soluções de controle de temperatura para o transporte.

O setor de transporte refrigerado, essencial para o abastecimento de alimentos, medicamentos e outros produtos perecíveis, tem um impacto significativo na demanda energética e nas emissões de carbono. A Associação Nacional dos Transportadores de Cargas e Logística (NTC&Logística) aponta que cerca de 12% das emissões de CO2 no transporte rodoviário no Brasil vêm dos veículos refrigerados.

Nesse sentido, Vinilton ressalta que a eletrificação desses veículos é uma das principais estratégias para aumentar a eficiência energética e reduzir a pegada de carbono. “Além da eletrificação, a eficiência energética na cadeia do frio também é um foco importante. Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), a adoção de tecnologias mais eficientes pode reduzir o consumo de combustível em até 30%. Isso inclui o uso de unidades de refrigeração avançadas e de alta eficiência, além da implementação de sistemas de monitoramento e controle em tempo real, como a telemetria”, completa Souza.

Redução de CO2

Entre as iniciativas da cadeia do frio para barrar as emissões de CO2 na atmosfera e desenvolver equipamentos mais eficientes, destaca-se a unidade meio-híbrida Advancer Spectrum multitemperatura da Thermo King. O equipamento, projetado para proporcionar controle de temperaturas diferentes no mesmo ambiente, permite o transporte de produtos distintos dentro de um único semirreboque.

Marcel Souza, gerente de Produto Thermo King América Latina, destaca que a arquitetura meio-híbrida do equipamento oferece como principal benefício o controle preciso da temperatura e uma notável economia de combustível, tornando o processo de transporte muito mais eficiente. “Além disso, proporciona aos usuários a opção de conectar o equipamento à energia elétrica, eliminando a necessidade de usar diesel e, portanto, reduzindo tanto o ruído quanto às emissões de CO2”, complementa.

Outro benefício do produto, de acordo com Souza, é a telemetria de fábrica. “Isso permite acesso em tempo real a todas as informações operacionais, como temperatura da carga, consumo de combustível e localização, entre outras funcionalidades, diretamente em seu smartphone ou computador”. Segundo o executivo, a eficiência do sistema do Advancer Spectrum reduz significativamente a pegada de CO2 da frota, com emissões do motor substancialmente menores do que o máximo permitido pelos mais recentes padrões internacionais de emissões. 

Tanto Vinilton quanto Marcel afirmam que a eletrificação e a eficiência energética no transporte refrigerado são exemplos claros de como a inovação e a colaboração podem gerar benefícios econômicos, ambientais e sociais. No entanto, o sucesso de iniciativas como essa depende de uma colaboração estreita entre governo e o setor privado, além da academia e da sociedade. 


 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
MONICA PILEGGI
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.