28/05/2024 às 10h30min - Atualizada em 30/05/2024 às 00h00min

I Seminário Fazendo Reurb no Rio de Janeiro destaca painel sobre o desenvolvimento sócio-econômico

A possibilidade de financiamento para imóveis regularizados e uma linha de crédito para possíveis regularizações foram discutidas

AS
Uma das organizadoras do evento, Jéssica Laroca
Durante o I Seminário Fazendo REURB no Rio de Janeiro, realizado na última sexta-feira, dia 24 de maio, no Palácio Tiradentes, importantes autoridades no assunto dos setores público e privado, discutiram o tema em painéis diversos.
Em um desses painéis, mediado pela Dra. Andressa Rélica, advogada, e pela Dra. Gisele, Coordenadora IBRF Rio de Janeiro – empresária e advogada, a sócia da Syfra Consultoria, Jéssica Laroca, especialista em REURB, coordenadora estadual em Minas do Instituto Brasileiro de Regularização Fundiária, e o advogado Dr. João Roberto Leitão de Albuquerque Melo, atuante há 20 anos na área de microcrédito imobiliário, discutiram o desenvolvimento sócio-econômico via regularização fundiária.
Jéssica demonstrou como a REURB, através de seus pilares – jurídico, urbanístico, ambiental e social - é de fundamental importância para o desenvolvimento de uma população e do Município como um todo. Segundo ela, essa pode ser vista como razão primordial para que a REURB seja realizada e não mais ignorada. A empresária comentou e mostrou, por meio de vídeos, os avanços conquistados na cidade mineira de Carvalhos/MG, onde o processo avança e traz consigo infra-estrutura básica a locais onde antes não havia nem ao menos energia elétrica, calçamento e água de qualidade. A empresária comentou também a receita, que passa a ser arrecadada pelo poder público, através dessa formalização e que proporciona melhorias para a população e o acesso a crédito com imóveis regulares, além do sentimento de pertencimento.
Dr. João Roberto ressaltou a fala de Jéssica Laroca no que tange à possibilidade de crédito a esses indivíduos com seus imóveis regularizados e a inclusão dessas famílias, retirando-as da margem da sociedade, através de um dos preceitos básicos constitucionais, que é o direito à propriedade. O advogado comentou ainda o alto índice de 50% de imóveis e famílias, que hoje estão na irregularidade fundiária, e ressaltou que, através da REURB o acesso ao crédito se torna acessível. O profissional comentou também a possibilidade de um microcrédito até mesmo para os trâmites da regularização, através da parceria público privada.
A empresária Jéssica Laroca participou de outros painéis, como mediadora e palestrante, inclusive falando novamente sobre o empreendedorismo e sobre a Lei 13465/17, que dispõe sobre a na REURB, e foi uma das organizadoras do evento.

 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
AMANDA MARIA SILVEIRA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.