27/05/2024 às 13h27min - Atualizada em 28/05/2024 às 00h00min

Dia Mundial Sem Tabaco: Maioria das doenças vasculares são provocadas pelo tabagismo

Data é um alerta para o risco a saúde, que pode gerar internação, amputação e até a morte

PREZZ COMUNICAçãO
Divulgação

O Dia Mundial Sem Tabaco, comemorado em 31 de maio, é uma oportunidade importante para destacar os riscos que o cigarro representa para a saúde. O consumo de tabaco é um dos principais fatores de risco evitáveis para diversas doenças, incluindo aquelas que afetam o sistema vascular.

A cirurgiã vascular e angiologista Dra. Cristienne Souza alerta para os perigos do uso desenfreado do cigarro e seu impacto na saúde vascular. “O cigarro tende a aumentar a viscosidade sanguínea, predispondo a tromboses, além de causar obstruções arteriais, isquemias e necroses” . A pessoa fumante pode sofrer alterações circulatórias graves, que podem levar à internação hospitalar, necessidade de cirurgia, amputação do membro acometido, e em casos mais graves, até à morte.

A especialista destaca os principais sintomas associados ao uso do tabaco:

  • Dores nas pernas (claudicação intermitente)

  • Coloração diferente nos pés

  • Lesões na pele, derivadas de úlceras e necroses

Esses sintomas são indicativos de problemas vasculares graves e podem estar relacionados ao uso de diversos tipos de tabaco, incluindo cigarro artesanal, eletrônico e narguilé.

Impacto do cigarro na saúde vascular

  1. Aterosclerose:

O cigarro é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento da aterosclerose, uma condição caracterizada pelo acúmulo de placas nas paredes das artérias. Essas placas são compostas de gordura, colesterol, cálcio e outras substâncias encontradas no sangue. Estudos mostram que os fumantes têm uma maior prevalência de aterosclerose, o que pode levar a eventos cardiovasculares como infartos e acidentes vasculares cerebrais (AVC) . 

  1. Doença Arterial Periférica (DAP): 

A DAP é uma condição na qual as artérias que fornecem sangue às extremidades do corpo, como pernas e braços, são estreitadas ou bloqueadas. O tabagismo é um fator de risco significativo para a DAP. De acordo com a American Heart Association, os fumantes têm até quatro vezes mais chances de desenvolver DAP em comparação com os não fumantes.

  1. Aneurisma da Aorta Abdominal:

Fumar também está associado a um risco aumentado de aneurisma da aorta abdominal (AAA), uma dilatação anormal da principal artéria do corpo. O risco de AAA é significativamente maior em fumantes do que em não fumantes, e a cessação do tabagismo é uma das principais recomendações para a prevenção dessa condição .

  1. Disfunção Endotelial:

O endotélio é uma camada de células que reveste os vasos sanguíneos e é crucial para a manutenção da saúde vascular. O cigarro danifica o endotélio, resultando em disfunção endotelial, que é um passo inicial no desenvolvimento de aterosclerose e/ou trombose .

  1. Trombose:

Fumar aumenta a agregação plaquetária e a coagulação sanguínea, fatores que podem levar à trombose. Estudos demonstram que fumantes têm um risco elevado de trombose venosa profunda (TVP) e embolia pulmonar. O tabagismo prejudica a função endotelial, levando à vasoconstrição, inflamação e formação de trombos.

  1. Hipertensão:

A nicotina no cigarro causa um aumento imediato da pressão arterial e da frequência cardíaca, sobrecarregando o sistema cardiovascular. A longo prazo, o tabagismo crônico contribui para a hipertensão, um fator de risco primário para doenças cardíacas e AVCs. Estudos mostram que o risco de hipertensão é significativamente maior em fumantes, e a cessação do tabagismo pode ajudar a reduzir a pressão arterial e o risco de doenças associadas.

Uma vida sem cigarro

A cessação do tabagismo traz benefícios quase imediatos e de longo prazo para a saúde vascular. Dentro de semanas após parar de fumar, a pressão arterial e a frequência cardíaca diminui, melhorando a função endotelial. A longo prazo, o risco de desenvolver doenças vasculares, como aterosclerose e DAP, reduz significativamente.

O cigarro tem um impacto devastador na saúde vascular, contribuindo para uma série de condições graves e potencialmente fatais. No Dia Mundial Sem Tabaco, é essencial conscientizar a população sobre esses riscos e incentivar a cessação do tabagismo como uma medida crucial para a prevenção de doenças vasculares. 


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
SUENIA MICHELLE QUEIROZ DANTAS
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.