27/05/2024 às 11h20min - Atualizada em 28/05/2024 às 00h00min

Alunos de Medicina das escolas da Inspirali retornam ao Rio Tapajós, no Pará, para atendimento aos ribeirinhos

7ª edição da Missão Amazônia levará, além de atendimento médico, um projeto de mapeamento das principais enfermidades e situação de vida de moradores da região

JULIANA ANTUNES
divulgação
Com o objetivo de levar qualidade de vida para moradores de regiões isoladas e proporcionar experiência humanitária para futuros médicos, a Missão Amazônia, projeto idealizado pela Inspirali, principal ecossistema de educação médica do país, entra em sua 7ª edição no próximo dia 28 de maio. Em uma jornada de 10 dias, a expedição também dará continuidade a um processo de territorialização das comunidades ribeirinhas, onde serão mapeadas e analisadas, dentro da política do SUS, a situação de saúde e condições de vida da população local. O objetivo é identificar riscos, vulnerabilidades e potencialidades para que, futuramente, seja possível intervir de forma mais assertiva nos problemas de saúde e necessidades da região.

A 7ª edição da Missão Amazônia contará com a participação de 30 alunos e 7 professores das escolas Unisul - Pedra Branca (SC), Universidade Potiguar – UNP (RN), Universidade Anhembi Morumbi - Mooca (SP), Universidade São Judas Tadeu (SP), UNIBH (BH) e UNIFACS (BA). Os participantes embarcarão no Navio Hospital Escola Abaré, administrado pela UFOPA (Universidade Federal do Oeste do Pará), onde levarão consultas ginecológicas, pediátricas, cirurgias ambulatoriais e atendimentos de saúde da família em geral, incluindo diversas especialidades, para a comunidade local.

Também serão realizados atendimentos por teleconsulta em parceria com as CIS (Clínicas Integradas de Saúde), da Inspirali, e a utilização do Prontlife (Prontuário Eletrônico do Paciente), que atua na captação, armazenamento e gestão de dados para interoperabilidade de informações com o e-SUS.

“Com a Missão Amazônia, temos a oportunidade de proporcionar atendimento a estas comunidades que, por questões geográficas, têm dificuldades em receber assistência médica especializada. Além disso, levarmos nossos estudantes para esta experiência em que atuam, de forma consciente e supervisionada, em uma realidade totalmente diferente daquela que vivenciam em suas universidades é realmente uma verdadeira aula de comprometimento e humanização na profissão”, destaca Rodrigo Dias Nunes, diretor médico da regional sul da Inspirali.

A última edição da Missão Amazônia, realizada em abril de 2024, atendeu 777 moradores de cerca de 30 vilarejos em Belterra e Aveiro. Destes, 43% já possuíam algum diagnóstico estabelecido e muitos casos de hipertensão e diabetes. A expedição também realizou aulas de educação em saúde, ensinando às crianças princípios básicos de higiene, como lavar as mãos, escovar os dentes, e alguns ensinamentos sobre primeiros socorros. Nas seis Missões já realizadas, a expedição atendeu mais de 5 mil pessoas.

Navio Hospital Escola Abaré
O navio-hospital Abaré, que leva a expedição, é administrado pela UFOPA e possui estrutura para atendimento clínico e odontológico. São quatro consultórios, sala para pequenas cirurgias e estrutura de laboratório para análises clínicas e radiografias, além de acomodações para os integrantes da Missão. A embarcação, de baixo calado, é própria para navegar em rios mais rasos, o que lhe permite chegar a mais comunidades e será utilizada em todas as expedições do projeto. Ao todo, a embarcação acomoda 55 pessoas, entre passageiros e tripulação.
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
JULIANA ANTUNES SANTOS
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.