23/05/2023 às 10h34min - Atualizada em 24/05/2023 às 00h00min

Pearson Saúde Animal e Eurofarma comemoram crescimento do primeiro banco de leite humano privado do Brasil

Criado em 2019, o Projeto Lactare segue em constante expansão e beneficiando mulheres e crianças ao redor do país

SALA DA NOTÍCIA Texto Assessoria

Essencial para o desenvolvimento humano, o leite materno é o foco do projeto Banco de Leite Humano Lactare, criado em 2019 para atender inicialmente a UTI Neonatal do município de Itapevi/SP, hoje, fazemos a captação, processamento e distribuição de todo leite. Essa campanha é iniciativa do grupo Eurofarma e recebe o apoio do seu braço de produtos para saúde animal, a Pearson Saúde Animal. Desde o início, o projeto já beneficiou 2.612 crianças com 7.088 litros de leite.

Idealizado inicialmente como o primeiro banco de leite privado do país, a ação já possui vínculo com instituições públicas que auxiliam a expansão da população beneficiada pelo programa. "Hoje possuímos o credenciamento com a Fiocruz e passamos a fazer parte da maior rede brasileira de bancos de leite do Sistema Único de Saúde (SUS). Isso significa que o projeto Lactare está associado aos hospitais públicos. Com esse passo, passamos a atender cinco unidades neonatais, com média de 60 a 80 bebês beneficiados por mês, alcançando 300 litros de leite captados em domicílio mensalmente", informa Sayonara Medeiros, coordenadora nacional do banco de leite Lactare.

"Nosso papel não é apenas apoiar a campanha. Estamos presentes em todo o processo. Recebemos as doações em nossa unidade de Itapevi (SP). Lá elas passam pelo processo de pasteurização, recebem o selo de qualidade e são encaminhadas para a distribuição. Também damos apoio à amamentação, para que as mães tenham suporte e cuidado em todo o processo, já que atividade pode resultar em lesões mamilares", detalha Sayonara.

O projeto fechou o mês de abril com 295 doadoras ativas, sendo 1.022 incluídas somente em 2023, número superior ao registrado no mesmo período em 2022. "A tendência é de crescimento e esperamos cumprir a meta de 300 litros colhidos a domicílio mensalmente para ampliar cada vez mais o número de crianças e famílias beneficiadas. Já somos o maior banco de leite privado extra hospitalar da América Latina, mas ainda podemos avançar porque quando o assunto é solidariedade fazer mais nunca é demais", completa a coordenadora do projeto.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.