21/05/2024 às 09h40min - Atualizada em 23/05/2024 às 00h01min

Equipe do Hetrin é acreditada internacionalmente pela AHA para atendimentos cardiovasculares de emergências

O treinamento internacional da American Heart Association é baseado na simulação de situações reais e estações práticas

ECCO - Escritório de Consultoria e Comunicação
[email protected]
Divulgação/ IMED
O Hospital Estadual de Trindade – Walda Ferreira dos Santos (Hetrin), unidade do Governo de Goiás, com administração do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, realizou para os enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e outros profissionais da equipe multidisciplinar da unidade, a capacitação Suporte Básico de Vida (BLS) e Salva Coração.

O treinamento foi ministrado pelo Time de Resposta Rápida da Faculdade de Medicina de Botucatu da UNESP. Agora, após a conclusão da capacitação, a equipe do Hetrin recebeu a acreditação internacional pela American Heart Association (AHA) para atendimentos cardiovasculares de emergências. Com isso, a unidade se torna um hospital cardio-protegido, uma vez que mais de 60% dos colaboradores da assistência receberam treinamento em reanimação.

A capacitação aborda tanto a parte teórica quanto prática, focando em conceitos cruciais de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) de alta qualidade em adultos, crianças e gestantes. Além disso, foram destacados aspectos como aprimoramento de compressão torácica e a dinâmica em equipes de alto desempenho, bem como técnicas para desobstrução da via aérea por corpo estranho (asfixia), entre outros tópicos essenciais.

De acordo com o Dr. Romulo Garcia, diretor técnico do Hetrin, um dos pilares da unidade é o treinamento dos colaboradores. “Isso gera uma melhora nítida na assistência, além de estímulo dos mesmos para crescimento e inovação na unidade. Vamos implementar um time de resposta rápida no Hetrin, com profissionais treinados e capacitados para resolução dos casos e intercorrências clínicas”, explica ele.

Capacitações profissionais
O objetivo é que os profissionais, com base nas últimas diretrizes da AHA, identifiquem e revertam, quando possível, situações com risco de vida imediata, principalmente relacionada a problemas cardiovasculares. Além, claro, de melhorar as chances de sobrevivência do paciente e, consequentemente, a qualidade da assistência prestada.

Para a fonoaudióloga do Hetrin, Laylla Noronha, a capacitação foi enriquecedora.  “Achei de grande valia. Como parte de uma equipe multidisciplinar, às vezes não estamos muito envolvidos na área de reanimação. Mas, essa experiência foi extremamente enriquecedora para o desenvolvimento da minha prática hospitalar”, relata a profissional da unidade.

Já para Bruna Rodrigues, técnica de enfermagem do Hetrin, a capacitação traz mais qualidade para os atendimentos, além de mais segurança para os pacientes. “É de suma importância para nosso serviço”, completa a técnica.

A BLS e Salva Coração abordam as principais atualizações de diretrizes com instrutores experientes e infraestrutura com tecnologia avançada, trazendo o que há de mais moderno sobre as técnicas. A capacitação faz parte do Programa de Educação Continuada do IMED e é destinada a profissionais de saúde que participam do tratamento de pacientes vítimas de parada cardiorrespiratória (PCR) ou que apresentam emergências cardiovasculares, como caso de infarto agudo do miocárdio.

Assessoria de Comunicação do Hetrin
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
ECCO Escritorio de Consultoria em Comunicação Ltda
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalamanhecer.com.br/.